Início / Agenda / INESC TEC debate a (R)evolução digital no agro-alimentar e floresta

INESC TEC debate a (R)evolução digital no agro-alimentar e floresta

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Fórum INESC TEC do Outono, que se realiza no dia 12 de Novembro de 2019, na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto, terá como tema “A (R)evolução Digital no Agro-Alimentar e Floresta”. A organização do Fórum é feita em parceria com o INIAV — Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária.

A transformação digital no agro-alimentar e na floresta, será discutida sob duas perspectivas: o impacto das tecnologias nas empresas e nos negócios e as propostas tecnológicas emergentes.

O Fórum tem início às 11 da manhã, com abertura pela ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, seguindo-se duas intervenções convidadas sobre o estado da arte, nacional e internacional, da utilização das principais tecnologias digitais envolvidas: IoT, inteligência artificial, robótica e big data.

Impacto da tecnologia

Da parte da tarde haverá dois painéis de discussão, um composto por “Utilizadores Finais” e outro por “Empresas Tecnológicas”. No primeiro, empresas e associações representativas de agricultores e produtores florestais discutirão o impacto das tecnologias nas suas actividades e, no segundo, empresas com soluções – máquinas, sistemas e software – abordarão propostas de produtos e serviços inovadores. O evento será encerrado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Pode consultar o programa e confirmar a sua participação aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Nuno Russo: “a informação permitirá valorizar o que produzimos”

Partilhar            O secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, participou, ontem, 26 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.