Início / Agricultura / IFD e Novo Banco assinam empréstimo de 40 M€ para empresas portuguesas

IFD e Novo Banco assinam empréstimo de 40 M€ para empresas portuguesas

A IFD — Instituição Financeira de Desenvolvimento assinou, esta quarta-feira, 13 de Fevereiro,com o Novo Banco o contrato de empréstimo de 40 milhões de euros referentes à Linha Capitalizar MidCaps, proveniente do Banco Europeu de Investimento (BEI), numa cerimónia no Ministério da Economia, em Lisboa.

A IFD reforça a sua actividade on-lending e assina novo empréstimo, desta vez com o Novo Banco. Completa assim a colocação de 100 milhões de euros com origem no Banco Europeu de Investimento. Os bancos terão de oferecer o dobro daquele montante em empréstimos a PME e MidCaps ( empresas que têm entre 250 e 3.000 trabalhadores).

Reforçar capacidade empreendedora das PME

O contrato de empréstimo assinado hoje será utilizado para apoiar projectos que reforcem a capacidade empreendedora das PME e MidCaps nos sectores da indústria transformadora, turismo, agricultura, comércio e serviços, e que tenham particular apetência para projectos em investimento produtivo e de desenvolvimento do negócio, nas áreas da inovação e da internacionalização.

Este empréstimo pode também financiar empresas não PME no âmbito do novo sistema de incentivos à inovação do Portugal 2020.

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, sublinha que “este contrato de 40 milhões de euros hoje assinado garante que as empresas vão ter acesso a recursos financeiros estáveis de médio e longo prazo para financiar adequadamente os seus projectos de investimento em inovação e crescimento. E também se assegura que os instrumentos financeiros estão disponíveis não apenas para as PME como também para as empresas com mais de 250 trabalhadores, nomeadamente as small midcaps (250 a 500 trabalhadores)”.

António Ramalho: “tenho sido um grande defensor deste modelo de financiamento”

Segundo António Ramalho, CEO do Novo Banco, “com este contrato damos continuidade à estratégia prosseguida pelo Novo Banco de permanente apoio ao tecido empresarial Português. Tenho sido um grande defensor deste modelo de financiamento tendo o IFD um papel de complementaridade clara à nossa actividade enquanto banco de empresas enriquecendo a nossa oferta de produtos a médio e longo prazo”.

Recursos financeiros estáveis de médio e longo prazo

Para Henrique Cruz, presidente executivo da Instituição Financeira de Desenvolvimento, “este novo contrato de empréstimo aumenta o número de instituições financeiras que têm acesso à Linha Capitalizar Midcaps e, por conseguinte, mais PME’s e Midcaps vão ter acesso a recursos financeiros estáveis de médio e longo prazo, capazes de financiar os seus projectos em inovação e crescimento. O processo de selecção e negociação com os
Bancos continua a decorrer e contamos assinar mais contratos de empréstimos nos próximos meses”.

Critérios de selecção

A IFD dá preferência às propostas de carteira de empréstimos às PME e MidCaps que privilegiem o financiamento do investimento relativamente ao fundo de maneio, que apresentem maturidade média mais longa (podendo ir até 12 anos) e que visem financiar projectos que promovam a modernização, a inovação ou a internacionalização.

Este financiamento pode assumir a modalidade de amortização única ao fim de até oito anos ou em prestações de capital até 12 anos, com quatro anos de carência.

A Linha Capitalizar MidCaps, insere-se na actividade de on-lending – uma das quatro áreas de negócio previstas nos estatutos da IFD – que consiste na obtenção de financiamento junto de instituições financeiras multilaterais e instituições de desenvolvimento nacionais para as empresas portuguesas, através de instituições de crédito ou de sociedades financeiras.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Taste Up: Programa de aceleração de turismo gastronómico e enoturismo em roadshow por 50 municípios

O Taste Up, programa de aceleração promovido pelo Turismo de Portugal, os Territórios Criativos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.