Início / Agricultura / IBM anuncia consórcio em Blockchain para garantir segurança alimentar

IBM anuncia consórcio em Blockchain para garantir segurança alimentar

Um grupo de empresas líderes em fornecimento alimentar anunciou, no passado dia 22 de Agosto, uma importante colaboração em Blockchain com a IBM que visa “fortalecer ainda mais a confiança dos consumidores no sistema alimentar global”, diz um comunicado do gigante informático.

O consórcio inclui a Dole, Driscoll’s, Golden State Foods, Kroger, McCormick and Company, McLane Company, Nestlé, Tyson Foods, Unilever e Walmart que vão trabalhar com a IBM para identificar novas áreas onde a cadeia de fornecimento global pode beneficiar do Blockchain.

Em todo o Mundo, todos os anos, uma em cada dez pessoas adoece e 400.000 morrem devido a alimentos contaminados. Muitas das questões críticas que afectam a segurança alimentar, como a contaminação cruzada, a propagação de doenças transmitidas por alimentos, o desperdício e o custo económico de retirar produtos do mercado, são acentuadas pela falta de acesso à informação e à rastreabilidade dos alimentos. Pode levar semanas para identificar o ponto preciso da contaminação, causando novas doenças, perda de receita e produtos desperdiçados. Por exemplo, levou mais de dois meses para identificar a fonte de contaminação numa recente incidência de salmonelas em papaias nos Estados Unidos da América.

Acesso à informação dos alimentos

“O Blockchain é a tecnologia ideal para responder a estes desafios uma vez que estabelece um ambiente confiável para todas as transacções. No caso da cadeia global de fornecimento de alimentos, todos os produtores, fornecedores, distribuidores, retalhistas, reguladores e consumidores podem obter acessos autorizados a informações conhecidas e confiáveis sobre a origem e o estado dos alimentos, o que irá permitir que todos os participantes do ecossistema possam rastrear produtos contaminados até à sua fonte, num curto período de tempo, por forma a garantir a sua remoção segura das prateleiras das lojas e impedir a propagação de doenças”, explica a IBM.

Este consórcio de empresas está agora a juntar-se à IBM para identificar e priorizar novas áreas onde o Blockchain pode beneficiar os ecossistemas alimentares. Este trabalho irá também servir de base para vários pilotos da IBM que irão demonstrar novas formas do Blockchain poder impactar positivamente a rastreabilidade global dos alimentos.

“Ao contrário de qualquer outra tecnologia anterior, o Blockchain está a transformar a forma como as organizações colaboram e procuram um novo nível de confiança com base numa única visão da verdade”, afirma Marie Wieck, General Manager, IBM Blockchain. “O nosso trabalho com as organizações de todo o ecossistema alimentar, bem como a nova plataforma da IBM, irá permitir tirar partido do imenso potencial desta tecnologia tão inovadora, tornando mais rápido para as organizações de todas as dimensões e em todas as indústrias passar do conceito para a produção para melhorar a forma como os negócios são efectuados”, adianta aquele responsável.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Governo lança campanha para sensibilizar jovens para o valor da floresta

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, e o secretário …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.