Início / Featured / Gui Menezes: Futuro da investigação marinha nos Açores é preocupação do governo

Gui Menezes: Futuro da investigação marinha nos Açores é preocupação do governo

O secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores frisou hoje, 8 de Outubro, em Lisboa, que “uma das grandes preocupações do Governo dos Açores é a situação dos investigadores das áreas das ciências do mar ligados ao IMAR e à Universidade dos Açores”.

Gui Menezes afirmou que “há muita indefinição sobre o futuro da massa crítica sediada no Faial, que tem dado grandes contributos à produção científica nacional sobre o mar”, frisando que “é urgente serem encontradas soluções para estes recursos humanos, sendo que o Governo dos Açores está disponível para contribuir para uma solução”.

Neste sentido, defendeu que, “no âmbito do AIR Center e do Observatório do Atlântico, deverá ser uma prioridade a salvaguarda da investigação marinha que é produzida nos Açores”.

O secretário Regional falava à margem de uma reunião da Comissão Inter-ministerial para os Assuntos do Mar (CIAM), onde abordou vários assuntos ligados à Economia do Mar.

“Potencial” da Região enquanto ‘testbed’

Gui Menezes destacou o “potencial” da Região enquanto ‘testbed’ na área das tecnologias de aquacultura offshore, referindo, neste sentido, “o contributo que o Observatório do Atlântico poderá ter nesta área, proporcionando um espaço de colaboração de equipas de investigação multidisciplinares”.

“As ilhas são locais privilegiados para testar novas tecnologias de aquacultura offshore”, disse, acrescentando que a Região “já começa a dar os primeiros passos nesse sentido, através de iniciativas privadas com apoios públicos, apesar de ainda ter um longo caminho a percorrer”.

Escola do Mar dos Açores

O titular da pasta do Mar fez um ponto de situação sobre a Escola do Mar dos Açores, que considerou ser “um projecto de grande importância para a promoção da Economia Azul na Região e no País”.

“A infra-estrutura está em fase de conclusão e será lançado este mês o concurso para a aquisição de equipamentos pelo valor base de cerca de 1,3 milhões de euros”, disse.

“Pretendemos que esta escola, que representa um investimento de mais de quatro milhões de euros, seja uma referência a nível nacional na formação e qualificação dos profissionais do mar”, acrescentou.

A Comissão Inter-ministerial para os Assuntos do Mar é uma estrutura de reflexão e de decisão estratégica, tendo, entre outros objectivos, a missão de zelar pela implementação e actualização da Estratégia Nacional para o Mar.

Nesta comissão têm assento vários ministros do Governo da República, bem como membros dos Governos Regionais dos Açores e da Madeira responsáveis pela área do Mar.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Terminal de Contentores de Sines supera recorde de 2017

O Terminal de Contentores de Sines – Terminal XXI movimentou, até ao dia 12 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.