Início / Agricultura / Ambiente / Grupo Quadrante faz estudos de impacte ambiental a linhas de alta tensão da REN

Grupo Quadrante faz estudos de impacte ambiental a linhas de alta tensão da REN

A Procesl, empresa do Grupo Quadrante, ganhou o concurso para a realização dos Estudos de Impacte Ambiental de três linhas de alta tensão da REN, incluindo em alguns casos as respectivas sub-estações, que se localizarão nas regiões de Divor-Pegões, Pedralva-Sobrado e Caniçada-Fafe.

Os projectos alvo de análise ambiental estão inseridos no Plano de Desenvolvimento e Investimento da Rede de Transporte de Electricidade (PDIRT) 2016-2025, que tem como objectivo melhorar a rede de transporte de energia nacional.

A Procesl finalizou já o Estudo de Grandes Condicionantes Ambientais (EGCA) nas linhas de Divor- Pegões e Pedralva-Sobrado, no qual analisou as alternativas mais favoráveis para o desenvolvimento do projecto, tendo em conta as vertentes ambientais e técnicas. Após finalização desta fase, a empresa do Grupo Quadrante deu início aos respectivos Estudos de Impacte Ambiental (EIA), que se encontram já em curso em ambas as linhas. Na linha Caniçada-Fafe o EGCA encontra-se em fase de finalização.

O EIA vai identificar, caracterizar e avaliar os impactes ambientais previsíveis, resultantes das fases de construção e de exploração dos projectos em análise, bem como a proposta de medidas de mitigação (prevenção, minimização e/ou compensação de impactes negativos) e potenciação de impactes positivos que deverão ser reflectidas e acauteladas, em fases posteriores ao desenvolvimento dos projectos, quer na fase de obra quer já na fase de exploração.

Acompanhamento e monitorização

O Estudo Ambiental prevê ainda o estabelecimento de directrizes para o acompanhamento e monitorização de impactes significativos (concretizadas nos Programas de Monitorização e Planos de Gestão Ambiental), as quais poderão abranger diferentes fases da implementação dos projectos, quando há incerteza sobre a importância de um determinado impacte ambiental ou sobre a eficácia das medidas de mitigação propostas para o minimizar.

Ana Filipa Ferraz, responsável pela área de ambiente do grupo Quadrante, refere que “contribuímos com a nossa experiência técnica para a aprovação ambiental dos projectos de melhoria da rede nacional de transporte de electricidade, sendo a colaboração nestes projectos de extrema importância para o grupo Quadrante”.

Fundada em 1998, pelos engenheiros João Silveira Costa, Nuno País Costa, Nuno Batista Martins e Tiago Miguel Paiva Pais Costa, a Quadrante Engenharia e Consultoria tem ao dispor dos seus clientes um leque de serviços de projecto e consultoria incluindo project management, arquitectura, estruturas, estruturas especiais, AVAC e sustentabilidade, hidráulica, vias e estradas, ambiente e IMS – Infrastructure Management System.

Actualmente, desenvolve actividade mundialmente, nomeadamente em Portugal, Roménia, Argélia, Gana, Angola, Moçambique, Tanzânia, África do Sul, Cabo Verde, Brasil, Chile, Peru e Colômbia.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

CIP organiza Congresso “Portugal: Crescimento ou Estagnação? A resposta está nas empresas!“

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal realiza, no próximo dia 22 de Outubro, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.