Início / Agricultura / Governo Regional quer rum da Madeira à taxa mínima de IVA

Governo Regional quer rum da Madeira à taxa mínima de IVA

A Região Autónoma da Madeira conseguiu que o mel de cana passasse a ter uma taxa de IVA mínima, que na Madeira é de 5%. A próxima batalha é a de conseguir a mesma taxa para o rum.

“Queremos também, no futuro, conseguir uma taxa reduzida para o rum da Madeira. Isso era fundamental para alargarmos o âmbito de exportação, inclusive, para a Europa. Essa é a próxima batalha que vamos ter”, disse o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque.

Mel de cana taxado como o mel de abelha

O governante, que participou domingo, 13 de Janeiro, no XXII Convívio de Produtores de Cana de Açúcar, na Calheta, recordou a recente vitória, alcançada pela Região, relativa à redução da carga fiscal sobre o mel de cana da Madeira para a taxa mínima, “fruto do trabalho da deputada eleita pelo PSD Madeira à Assembleia da República, Sara Madruga da Costa”.

“Houve um trabalho muito intenso para conseguirmos esta grande vitória dos produtos da Madeira e dos produtores da Madeira”, sublinhou Miguel Albuquerque, na sua intervenção, junto dos produtores de cana-de-açúcar.

O líder do executivo madeirense assegurou ainda a manutenção dos apoios do seu governo a todos os agricultores e empresários agrícolas relativos aos factores de produção.

Mel de cana

O mel de cana é um produto xaroposo de cor castanho-escura, com elevado grau de pureza, com açúcares altamente solúveis e não cristalizados, obtido a partir de sumo da cana sacarina. De um modo geral, é comercializado em frascos de vidro.

A produção de mel de cana tem acompanhado o cultivo da cana sacarina. J. A. Ribeiro refere na publicação A Cana de Açúcar na Madeira — séculos  XVIII-XX que “…em 1620 exportou-se mel e remel, provenientes da transformação de cana dos engenhos. E, a partir de 1736, a importação de açúcar brasileiro…, deram o golpe de morte aos engenhos madeirenses, por não se produzir senão um mínimo de mel de consumo doméstico ou confeitaria” (Ilhas de Zargo).

Rum da Madeira

O Rum da Madeira, vulgarmente designado por aguardente de cana, é o rum com Indicação Geográfica Protegida (IGP) produzido na Região Autónoma da Madeira, obtido exclusivamente por fermentação alcoólica e destilação do sumo de cana-de-açúcar, sendo por esse motivo classificado como rum agrícola, apresentando qualidade e características únicas, fruto de processos de produção tradicionais e da experiência acumulada ao longo de gerações.

O Rum da Madeira está disponível num leque variado de apresentações, começando desde logo pelo rum mais novo, também designado por rum natural, matéria-prima principal e indispensável à elaboração da famosa e típica Poncha da Madeira, estendendo-se a outras categorias de rum em regra envelhecidos em cascos de madeira de carvalho por longos períodos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

João Ponte: Jovens são imprescindíveis para uma agricultura mais forte e competitiva

O secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou, em Angra do Heroísmo, a importância dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.