Início / Agricultura / Governo dos Açores faz balanço “muito positivo” da visita de Phil Hogan

Governo dos Açores faz balanço “muito positivo” da visita de Phil Hogan

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou que o Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, que terminou hoje, 29 de Junho, uma visita de dois dias à ilha de São Miguel, parte com uma “boa imagem dos Açores”, do trabalho que tem sido feito e do que é preciso continuar a fazer para desenvolver a agricultura.

“Pelas visitas que foram feitas e pelas trocas de impressão que tivemos a oportunidade de ter com o senhor Comissário, ele parte com uma boa imagem da Região, da valia do trabalho que tem sido feito e também consciente da necessidade de continuarmos a apostar na agricultura, sendo que, para isso, são necessários fundos comunitários do POSEI e do Programa de Desenvolvimento Rural”, frisou João Ponte, em conferência de imprensa.

Visitas a explorações

O programa de Phil Hogan nos Açores incluiu visitas a explorações leiteiras, a uma fábrica de lacticínios e a uma plantação de ananás, entre outras, o que permitiu mostrar o bom trabalho que tem sido feito no sector agrícola, bem como o aproveitamento dos fundos comunitários.

Para o governante açoriano, foi “uma grande satisfação” receber a primeira deslocação oficial do Comissário Phil Hogan aos Açores e o facto de ter anunciado no arquipélago, enquanto Região Ultra-periférica (RUP), que não existirão cortes no POSEI no período 2021-2027.

Hogan sensível à argumentação das RUP

“Trata-se de uma decisão importante, que diz muito à agricultura dos Açores e das Regiões Ultra-periféricas. Este é um sinal político, do ponto de vista do Governo Regional, muito importante”, considerou João Ponte, acrescentando que demonstra que o Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural “foi sensível à argumentação das RUP, à importância das RUP na Europa e ao contributo que estas regiões podem dar para termos uma Europa mais forte e próspera”.

A proposta inicial de orçamento da Política Agrícola Comum pós 2020, da Comissão Europeia, previa um corte de 3,9% no POSEI.

Negociação, o próximo passo

João Ponte salientou que se segue agora um trabalho de negociação no Parlamento, no Conselho e na Comissão Europeia, sendo que a envolvência do Estado-Membro Portugal será fundamental para que, no final da negociação do orçamento da Política Agrícola Comum (PAC) pós 2020, seja possível ter uma proposta melhor do que a que existe neste momento.

“Os próximos meses serão fundamentais nesta negociação”, disse João Ponte, frisando que ficou claro que há uma união de todo o sector nos Açores nesta luta.

Esta manhã, o Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural participou na reunião do Centro Açoriano de Leite e Lacticínios (CALL), tendo-lhe sido pedido empenho pessoal na aprovação da nova candidatura à promoção de produtos lácteos açorianos no estrangeiro.

“É uma peça extremamente importante para dar notoriedade aos nossos produtos lácteos e para conseguirmos entrar em novos mercados. Naturalmente, contamos com o empenho do senhor Comissário e dos seus serviços na avaliação desta candidatura”, referiu João Ponte.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Prémio Empreendedorismo e Inovação CA tem candidaturas abertas até 26 de Julho

A 6.ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação CA (Crédito Agrícola) tem candidaturas abertas até …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.