Início / Agricultura / Governo abre mercado de Israel à exportação de ovinos

Governo abre mercado de Israel à exportação de ovinos

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural abriu mais um mercado à exportação de ovinos nacionais. Portugal exportou pela primeira vez 500 ovinos para Israel, numa operação que teve lugar no dia 13 de Abril, no Porto de Setúbal.

O embarque dos animais foi acompanhado pelo secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, no Terminal Tersado.

Luís Vieira considera que este é mais um importante momento para a agricultura portuguesa, na medida em que “é mais um mercado à disposição da produção nacional numa altura em que Portugal está a consolidar o esforço de aumento das exportações para países terceiros”.

Negociações com mais 23 países

O secretário de Estado recorda que “decorrem negociações com mais 23 países”, mercados cuja abertura não é fácil, mas que “representarão certamente excelentes oportunidades de negócios para diversos sectores”.

Este carregamento de 500 ovinos foi acompanhado de um outro, de 3.500 bovinos.

Em Maio deverá partir novo carregamento de 5.000 ovinos. Espera-se que Israel venha a importar entre 40 e 50 mil ovinos por ano.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Exames para carta de caçador regional e nacional decorrem nos Açores em Maio e Setembro

Os exames para a obtenção da carta de caçador regional e nacional decorrem duas vezes …

3 comentários

  1. ganem abu rayua

    boa noite
    Eu quero comprar um tipo de ovelhas Drover Israel, peso entre 30-35 kg idade de 3 a 5 meses
    Se você tiver a capacidade de exportar 5000 dores de cabeça, por favor, me passe um orçamento incluindo o frete até o porto de Haifa

  2. jacinto martins

    boa tarde
    preciso de obter o contacto da pessoa ou pessoas que adquirem os borregos para levar para israel

    • CarlosCaldeira

      Boa tarde. Por favor, entre em contacto com a DGAV que são eles que tratam da certificação e têm de certeza os dados que precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.