Início / Agricultura / GNR patrulha explorações agrícolas

GNR patrulha explorações agrícolas

A Guarda Nacional Republicana (GNR) está a intensificar desde o dia 1 de Novembro de 2015 o patrulhamento nas explorações agrícolas em todo o território nacional, com o objectivo de prevenir o furto de produtos agrícolas e de metais não preciosos. Azeitona e pinha mansa são os produtos mais apetecidos pelos amigos do alheio.

Desde o início da Operação “Campo Seguro” foram registados: 49 crimes, 47 detidos, 436 indivíduos identificados e 272 contra-ordenações, diz a Guarda Nacional Republicana.

Dos ilícitos, a maior incidência registou-se nos furto de metais não preciosos, no furto de azeitona e no furto de pinha mansa.

Foram apreendidos:

· 9 554 quilos de azeitona;

· 1 230 litros de aguardente contrafeita;

· 145 quilos de metais não preciosos;

· 100 quilos de pinha mansa.

Até 31 de Janeiro

O reforço de patrulhamento da Operação “Campo Seguro” será mantido até ao próximo dia 31 de Janeiro. De referir que esta operação integrou anteriores operações direccionadas para a prevenção de furtos de produtos agrícolas, a exemplo da operação “azeitona segura”, mantendo no entanto todos os objectivos das anteriores operações, ou seja, o de prevenir e de reprimir a criminalidade nas explorações agrícolas, transmitindo assim aos agricultores um sentimento de segurança, proximidade e de confiança.

Este reforço de patrulhamento contempla o empenhamento de diversas valências da GNR, designadamente dos Comandos Territoriais, do Serviço da Protecção da Natureza e Ambiente (SEPNA), da Investigação Criminal e dos Núcleos de Programas Especiais.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Continental anuncia garantia até 10 anos para pneus agrícolas nos mercados EMEA

A Continental anunciou a introdução de uma garantia para pneus agrícolas nos mercados EMEA (Europa, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.