Início / Agricultura / Fungicida Ortiva Top da Syngenta tem autorização para controlo do olho de pavão em olival

Fungicida Ortiva Top da Syngenta tem autorização para controlo do olho de pavão em olival

O fungicida Ortiva Top da Syngenta obteve a extensão de autorização para uso no controlo do olho de pavão em olival (azeitona de mesa e produção de azeite), da piriculariose e da helmintosporiose na cultura do arroz.

A extensão de autorização do Ortiva Top, concedida pela DGAV — Direcção Geral de Alimentação e Veterinária, em final de Julho, abrange ainda o uso deste fungicida para controlo do oídio em framboesa (ar livre e estufa), controlo da alternaria em couves de folhas e couve-flor e para controlo da septoriose em salsa (ar livre).

Fungicida sistémico

O oídio em framboesa é um fungicida sistémico, constituído por duas substâncias activas: a azoxistrobina (Qol) e o difenoconazol (DMI).

A azoxistrobina inibe a respiração mitocondrial dos fungos e possui actividade essencialmente preventiva, anti-esporulante e alguma actividade curativa.

O difenoconazol é o inibidor da biossíntese dos esteróis na demetilação, com actividade preventiva e curativa.

Pode consultar a ficha técnica deste produto, e saber todas as culturas em que pode ser aplicado aqui.

A Syngenta é uma das empresas líderes no seu ramo de actividade. O grupo emprega mais de 27.000 pessoas em mais de 90 países.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

PME francesa procura fornecedores de leite em pó para bezerros

Uma pequena e média empresa (PME) francesa, especializada na produção de substitutos do leite e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.