Início / Agricultura / França importa 24% dos produtos de agricultura biológica que consome

França importa 24% dos produtos de agricultura biológica que consome

O mercado francês de produtos de origem biológica está a ser “vítima” do próprio sucesso. Na realidade, existe um claro problema de aprovisionamento devido ao facto da oferta francesa não estar a ser capaz de acompanhar a procura. Actualmente, cerca de 24% dos produtos alimentares de origem biológica são importados do exterior.

Face a estes números, a Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal diz que “existem aqui potenciais oportunidades de negócios para a oferta estrangeira, e nomeadamente para a portuguesa, que podem ser aprofundadas através da participação e visita a algumas das principais feiras francesas deste segmento de mercado, nomeadamente o Salon Natexpo e o Salon Internacional de l’ Agriculture“.

Afirmação do biológico

Em França, 2016 revelou-se o ano da afirmação do mercado agro-alimentar biológico, a nova tendência do sector da alimentação que “traduz a crescente preocupação dos consumidores com a origem e a qualidade dos produtos que adquirem”, refere a Aicep. De facto, no ano passado as vendas deste tipo de produtos cresceram 20% e atingiram cerca de 7 mil milhões de euros de volume de negócios.

Os responsáveis da l’Agence Bio, agência francesa para o desenvolvimento e a produção da agricultura biológica, defendem que tal performance do mercado se deveu, sobretudo, ao sucesso das lojas especializadas que viram aumentar, em cerca de 25%, as suas vendas. A procura deste tipo de produtos está a aumentar significativamente e os franceses pretendem que os mesmos estejam presentes nos vários canais de distribuição alimentar (hipermercados, lojas especializadas, mercados e nos estabelecimentos dos produtores).

De acordo com o Barómetro Agence Bio de 2016, 9 em cada 10 franceses (89%) adquiriu produtos de origem biológica, existindo uma preferência pelas frutas e legumes (78%), lacticínios (71%), ovos (65%), outros produtos de mercearia (51%) e carne (49%). Cerca de 35% dos consumidores franceses aumentou também o seu orçamento para a compra de produtos agro-alimentares biológicos, o que significa um crescimento de 9 pontos percentuais em relação ao ano de 2015. Ao mesmo tempo e de acordo com o referido Barómetro, 67% dos franceses adquiriram também produtos biológicos não alimentares, o que indica uma tendência de consumo já bastante sustentada neste mercado.

Agricultura e Mar Axctual

loading...

Verifique também

GNR detém homem em flagrante por incêndio florestal em Bragança

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *