Início / Agricultura / Formigas são responsáveis por mais de metade da gestão de resíduos alimentares nas florestas

Formigas são responsáveis por mais de metade da gestão de resíduos alimentares nas florestas

Um estudo da Universidade de Liverpool descobriu que as formigas são responsáveis por mover mais de metade dos recursos alimentares do solo da floresta, desempenhando um papel fundamental na manutenção de um ecossistema saudável. A pesquisa foi realizada em colaboração com o Natural History Museum, Londres.

O estudo, realizado em larga escala nas florestas tropicais da ilha de Bornéu, da Malásia, revela que o resto dos resíduos são removidos por todos os outros animais, incluindo mamíferos, aves e outros vertebrados e invertebrados. Os recursos e resíduos que foram removidos pelas formigas incluem corpos de animais mortos, sementes e frutas.

O ecologista de Liverpool, Kate Parr, diz que “o movimento, o consumo e a reciclagem de material orgânico morto nos ecossistemas é importante porque facilita a redistribuição e a decomposição de nutrientes. Como as formigas colectam produtos de resíduos e os levam aos seus ninhos, elas criam pontos críticos de nutrientes onde plantas e micróbios prosperam, o que mantém um solo diversificado e saudável”.

Solo mais diversificado

O estudo mostrou que, na ausência de formigas, nenhum outro animal pode compensar esse papel. Portanto, se as formigas não realizassem a remoção daqueles resíduos, o material orgânico morto acumular-se-ia e se decompor-se-ia mais lentamente criando um ambiente de solo mais homogéneo e menos diversificado.

A líder da investigação, Hannah Griffiths, que trabalhou com a Escola de Ciências Ambientais da Universidade de Liverpool, acrescenta que “este trabalho é importante porque as florestas tropicais são alguns dos ecossistemas mais  ameaçados do planeta, perdendo espécies a um ritmo alarmante”.

O estudo “Ants are the major agents of resource removal from tropical rainforests” está publicado no Journal of Animal Ecology.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Nestlé quer aprender com startups e procura projectos na alimentação e saúde

A Nestlé Portugal e a Nova School of Business and Economics lançaram o programa de inovação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *