Início / Agenda / Festival C’Azedu – Portuguese Sour & Grape Beer redescobre estilos de cerveja milenares à moda portuguesa

Festival C’Azedu – Portuguese Sour & Grape Beer redescobre estilos de cerveja milenares à moda portuguesa

O Vadia Brewpub em Ossela, Oliveira de Azeméis, vai receber a segunda edição do C’Azedu – Portuguese Sour & Grape Beer Festival no próximo dia 23 de Novembro, entre as 17 e as 2 horas da manhã, um evento aberto ao público que vai receber alguns dos principais produtores de cerveja artesanal portugueses da actualidade, para dar a provar e conhecer estes estilos que estão a revolucionar o mercado da cerveja artesanal a nível mundial.

Vadia, Letra, 8ª Colina, Piratas Cervejeiros, Maldita, Luzia, Barona e Dos Diabos são as marcas que aceitaram o desafio de participar neste festival com um ambiente único do maior Brewpub nacional.

Aprendizagem, palestras e visitas à fabrica

Recheado de aprendizagem, palestras, visitas à fabrica, gastronomia, música ao vivo e, acima de tudo, boa disposição, as cervejas “Sour” & “Grape” prometem surpreender, fazendo jus à célebre expressão de Fernando Pessoa “Primeiro estranha-se, depois entranha-se”, redefinindo o próprio conceito tradicional da cerveja, na procura da união do melhor de dois mundos: a tradição do mundo do vinho com a irreverência da cerveja artesanal.

No mesmo dia do festival, entre as 8h30 e as 17 horas, decorrerá um seminário dedicado ao mundo das cervejas Sour, com um programa de actividades que inclui uma visita à fábrica de cortiça do Grupo Amorim, a projecção de um documentário do catalão Dani Ruiz sobre as cervejas de estilo Lambic, seleccionadas para o almoço de harmonização preparado pelo sommelier de cerveja Gonçalo Faustino.

Estudo científico 

O seminário contará ainda com uma apresentação do estudo científico do Belga Jonas De Roos da 3Fonteine sobre o papel dos micro-organismos das barricas no fabrico do “Lambic” seguido, no mesmo tema, pela apresentação do estudo de Giovanni Casagrande Silvelli, da universidade de São Paulo, sobre o papel das barricas de madeira tropical na identidade da cerveja brasileira. Esta última apresentação será acompanhada de uma degustação duma selecção de cervejas Sour do Brasil apresentadas pelo mestre cervejeiro e juiz de concursos internacionais Pablo Carvalho vindo de Belo Horizonte, MG.

O Festival que reúne o mundo Sour & Grape Beer

Por um lado as “Sour”, cervejas de tradição milenar praticamente esquecidas nos últimos 200 anos em beneficio das “Ale” e “Lager”, ressurgem hoje nos 4 cantos do mundo, revisitadas pelas mãos de cervejeiros artesanais irreverentes e inovadores, inspirados por alguns irredutíveis Belgas e Alemães, que nunca deixaram de produzir este estilo. Estas cervejas distinguem-se pela sua acidez pronunciada, os seus sabores e aromas inesperados e a quase ausência de amargor.

Por outro lado a “Portuguese Grape Ale” – que ainda não é um estilo oficial reconhecido a nível mundial – é um projecto que os cervejeiros portugueses prometem levar até ao fim. Produzida a partir da junção do habitual mosto de malte de cereais e do mosto proveniente de uva de casta nacional, a cerveja passa uma parte do seu processo num estágio em barricas de madeira, criando uma cerveja diferenciada, única e com uma forte ligação à cultura portuguesa.

A organização do C’azedu – Portuguese Sour & Grape Beer Festival é uma parceria da Essência D’Alma e da Loba.CX (Media Partner) e conta com o apoio institucional da câmara municipal de Oliveira de Azeméis e da Associação Cervejeiros de Portugal.

O festival tem um custo de entrada de 3€ e o seminário um custo de 60€ para o público geral e 45€ para profissionais. Inscrições por email para: administrativo@cervejavadia.pt.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Campeonato Nacional de Ornitologia em 2020 pode ser nos Açores. Governo Regional apoia

O Director Regional da Agricultura dos Açores manifestou a total disponibilidade do Governo para ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.