Início / Economia / Exportações e importações diminuem 8,3% e 4,1%, respectivamente, em Junho de 2019
© Copyright 1996-2016 - MSC S.A.

Exportações e importações diminuem 8,3% e 4,1%, respectivamente, em Junho de 2019

As exportações e as importações de bens, em Junho de 2019, registaram variações homólogas nominais de -8,3% e -4,1%, respectivamente (+8,5% e +14,3% em Maio de 2019, pela mesma ordem), podendo reflectir o menor número de dias úteis do mês em análise, divulga o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Destaca-se a diminuição das exportações e importações de Combustíveis e lubrificantes (-34,3% e -24,8%, respectivamente) e o acréscimo de 32,4% nas importações de Material de transporte (maioritariamente aviões).

Excluindo combustíveis e lubrificantes, as exportações diminuíram 6,2% e as importações decresceram 0,2% (+9,8% e +11,4%, respectivamente, em maio de 2019).

Défice comercial de bens

O défice da balança comercial de bens atingiu 1 833 milhões de euros em Junho de 2019, mais 150 milhões de euros face ao mês homólogo de 2018. Excluindo combustíveis e lubrificantes, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 1 270 milhões de euros, registando um aumento do défice de 288 milhões de euros em relação a Junho de 2018.

No segundo trimestre de 2019, as exportações e as importações de bens aumentaram, respectivamente, 1,0% e 6,8% face ao segundo trimestre de 2018 (+5,5% e +12,0%, pela mesma ordem, no trimestre terminado em maio de 2019).

No primeiro semestre de 2019, verificaram-se aumentos de 2,9% nas exportações e de 9,3% nas importações, o que representa uma desaceleração das exportações e uma aceleração das importações face à variação registada no segundo semestre de 2018 (+3,7% e +7,5%, pela mesma ordem). Excluindo Combustíveis e lubrificantes, os acréscimos foram de 4,5% e 9,9%, respectivamente (+4,3% e +7,4%, no 2º semestre de 2018).

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Produtividade da batata de regadio aumenta 10%. Tomate para a indústria com boas perspectivas

A apanha da batata de regadio está a decorrer e confirmam-se os aumentos de produtividade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.