Início / Economia / Exportações e importações aumentam 6,2% e 0,3%, respectivamente, em Maio

Exportações e importações aumentam 6,2% e 0,3%, respectivamente, em Maio

As exportações e as importações de bens registaram, em Maio de 2018, variações homólogas nominais de +6,2% e +0,3%, respectivamente, desacelerando ambas de forma significativa face ao mês anterior (+17,7% e +12,9%, em Abril de 2018, pela mesma ordem).

Divulga o Instituto Nacional de Estatística (INE) que o défice da balança comercial de bens foi de 1 122 milhões de euros em Maio de 2018, menos 284 milhões de euros que no mês homólogo de 2017. Excluindo os Combustíveis e lubrificantes a balança comercial atingiu um saldo negativo de 971 milhões de euros, tendo diminuído 72 milhões de euros em relação a Maio de 2017.

No trimestre terminado em Maio de 2018, as exportações e as importações de bens aumentaram, respectivamente, 5,2% e 4,1% face ao mesmo período de 2017.

Categorias económicas

Em Maio de 2018, face ao mês homólogo de 2017, quase todas as grandes categorias económicas registaram acréscimos nas exportações, com destaque para o Material de transporte (+18,0%) e Combustíveis e lubrificantes (+32,3%).

Nas importações, os maiores aumentos verificaram-se nas Máquinas e outros bens de capital (+7,6%) e Fornecimentos industriais (+2,9%). Em sentido contrário, salienta-se a diminuição registada nas importações de Combustíveis e lubrificantes (-15,5%).

Países clientes

Em Maio de 2018, tendo em conta os principais países de destino em 2017, salientam-se os crescimentos, face ao mês homólogo de 2017, nas exportações para Espanha, Itália e Alemanha (+9,3%, +28,3% e +8,4%, respectivamente).

Em relação aos principais fornecedores em 2017, em Maio de 2018 registaram-se aumentos na quase totalidade dos países, excepto nas importações provenientes de França que diminuíram 0,3%. As importações de Espanha tiveram o aumento mais expressivo (+6,0%, em termos homólogos).

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Agricultores dos Açores vão poder abater e enterrar animais nas suas explorações

O secretário Regional da Agricultura e Florestas dos Açores afirmou hoje, 24 de Setembro, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.