Início / Agricultura / Exportações de produtos primários agroalimentares crescem 13,1% em Julho de 2019

Exportações de produtos primários agroalimentares crescem 13,1% em Julho de 2019

As exportações agroalimentares continuam a crescer acima da média dos restantes bens. Em Julho de 2019, as exportações de produtos alimentares e bebidas ascenderam a 536 milhões de euros, um acréscimo de 4,7% face a igual mês do ano passado.

As exportações de produtos primários cresceram 13,1% no mesmo mês em análise, chegando aos 163 milhões de euros e as de produtos transformados valeram 373 milhões de euros, mais 1,4% que em Julho de 2018.

Segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em termos globais do País, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de +1,3% e +7,9%, respectivamente, em Julho de 2019, (-8,3% e -3,7% em Junho de 2019, pela mesma ordem).

Importações

Apesar do bom desempenho exportador da indústria agroalimentar, as importações de produtos alimentares e bebidas também cresceram. Registaram uma subida de 6,4% em Julho de 2019, situando-se nos 889 milhões de euros.

As importações de produtos primários cresceram 13,4% (368 milhões de euros) e as de produtos transformados aumentaram 1,9% (521 milhões de euros).

A balança comercial de produtos alimentares e bebidas apresenta assim um défice de 353 milhões de euros no mês de Julho de 2019.

Em termos económicos globais, os técnicos do INE destacam o acréscimo de 27,9% nas importações de material de transporte, sobretudo outro material de transporte (maioritariamente aviões), com um contributo de +4,2 p.p. para a taxa de variação homóloga total.

Excluindo os Combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 3,0% e as importações cresceram 7,9% (-6,2% e +0,2%, respectivamente, em Junho de 2019).

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

APDL promove simulacro de colisão entre barco Rabelo e Navio-Hotel no Douro

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) vai realizar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.