Início / Agricultura / Exportações agro-alimentares crescem 12,5% em Junho de 2017

Exportações agro-alimentares crescem 12,5% em Junho de 2017

As exportações portuguesas de produtos agro-alimentares continuam a registar aumentos. Em Junho de 2017, as exportações de produtos alimentares e bebidas aumentaram 12,5% relativamente a igual mês do ano passado, com as importações a crescerem apenas 4,1% no mesmo período, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

No entanto, em Junho, Portugal exportou 498 milhões de euros em produtos alimentares e bebidas, tendo importado 747 milhões de euros daqueles produtos (mais 4,1%).

As exportações de produtos primários cresceram 22,1%, ascendo a 148 milhões de euros, enquanto os produtos transformados cresceram 8,9% com um volume de negócios de 350 milhões de euros. Naquele mês, as importações de produtos primários desceram 2,3%, atingindo 298 milhões de euros, enquanto as importações de produtos transformados atingiram os 448 milhões, aumentando 8,9% face a Junho de 2016.

Exportações totais a crescer 6,8%

As exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de, respectivamente, 6,8% e 7,1%, em Junho de 2017 (+15,6% e +21,8% em Maio de 2017, pela mesma ordem). Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 7,4% e as importações cresceram 7,7% (respectivamente +14,2% e +18,7% em Maio de 2017).

Em Junho de 2017, tanto nas exportações como nas importações, quase todas as categorias económicas registaram aumentos face ao mês homólogo de 2016, destacando-se os crescimentos registados nos fornecimentos industriais (correspondente a +7,7% nas exportações e +12,2% nas importações) e nas máquinas e outros bens de capital (+12,1% nas exportações e +18,8% nas importações), acrescenta o INE.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

SIMAB faz nova parceria para potenciar negócios agroalimentares no Reino Unido

A SIMAB – Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores e a The Portuguese Trade, L.td acabam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *