Início / Agricultura / Existências de leite em pó desnatado reduzido a metade na União Europeia

Existências de leite em pó desnatado reduzido a metade na União Europeia

Metade do leite em pó desnatado em existências de intervenção pública desde 2015, ou seja, 190.000 de 380.000 toneladas, voltou a circular nos mercados “sem os desequilibrar e sem comprometer a recuperação do sector”, garante um comunicado da Comissão Europeia.

O último leilão, que vendeu 30 mil toneladas, aconteceu no dia 8 de Novembro. O último relatório de preços do leite da UE, divulgado esta semana pelo Observatório do Mercado do Leite, revela também melhores preços do leite e do leite em pó desnatado, reflectindo a gestão prudente das unidades populacionais.

Para o Comissário da Agricultura, Phil Hogan, “a nossa abordagem cautelosa está a valer a pena. O equilíbrio de mercado continua a ser a nossa prioridade. É encorajador ver novamente uma melhoria dos preços do leite, apoiada pelas medidas postas em prática pela Comissão. Mas, isto , não é, no entanto, ser complacente. A produção deve ser medida levando-se em conta a realidade das condições de mercado”.

Estabilização dos mercados

A intervenção pública, gerida pela Comissão Europeia, desempenhou um papel importante na estabilização dos mercados entre 2015 e 2017, ajudando a eliminar o excesso de produção numa situação extremamente desequilibrada.

No final de 2016, a Comissão lançou um processo de leilão mensal e, subsequentemente, bimensal, destinado a colocar progressivamente estas acções no mercado.

Este processo é documentado on-line (aqui) de forma transparente no Portal do Observatório do Mercado do Leite. A próxima convocação para licitações será no dia 22 de Novembro.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Governo dos Açores desafia agricultores a diminuir a dependência dos apoios

O director Regional da Agricultura afirmou, na ilha Terceira, que os agricultores devem apostar, cada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.