Início / Agricultura / Executivo municipal de Montalegre reune com nova direcção da Coopbarroso

Executivo municipal de Montalegre reune com nova direcção da Coopbarroso

O executivo municipal de Montalegre recebeu a nova direcção da Cooperativa Agrícola do Barroso (Coopbarroso), em funções desde 30 de Julho deste ano. O encontro, que decorreu no salão nobre da autarquia, delineou alguns pontos que pretendem “assegurar a consistência e o empenho de uma valência que visa servir melhor os agricultores do concelho”.

O programa da Coopbarroso, presidida por Manuel Nuno Pereira de Sousa, para o período 2019-2022, aposta na certificação de 11ha na Quinta da Veiga para modo de produção biológica. Esta certificação tem como objectivo explorar o mercado biológico que se encontra em expansão e criar alternativas e oportunidades de mercado para os produtores do concelho de Montalegre.

Por outro lado, pretende ajudar no escoamento da produção de leitões, cabrito, borregos e vitelos dos produtores do concelho e recuperar a Indicação Geográfica Protegida (IGP).

Protocolo com a Câmara

A Cooperativa Agrícola do Barroso vai ainda fazer um protocolo com a Câmara Municipal de Montalegre no apoio à OPP de Montalegre (apoio à actividade pecuária), de forma a agilizar o processo de apoio ao agricultor no pagamento da sanidade animal.

Outros dos pontos delineados passa por retomar o processo da produção de batata de semente, de forma a tentar criar condições aos produtores para conseguirem a rentabilização da produção de batata de semente/consumo.

Sapadores Florestais

Já na floresta, ficou decidido a criação de uma equipa de Sapadores Florestais (com criação de cinco postos de trabalho), para dar resposta às necessidades quer dos agricultores, quer das juntas de freguesia para limpar as áreas florestais a preços acessíveis.

Por fim, Montalegre irá contar com a criação de um agrupamento de baldios. O objectivo é fazer o cadastro das áreas de baldio; elaborar e actualizar os PUB; preparação do processo de certificação da floresta; apoio na organização de alienação de material lenhoso; apoio administrativo para as entidades gestoras do baldio, apoio na gestão do baldio através de elaboração de projectos de investimento.

Para o presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, “a Cooperativa Agrícola do Barroso veio ocupar um vazio no apoio à actividade produtiva local e é de uma importância vital para o quotidiano da vida económica e social dos barrosões. A organização ancora a produção de batata, que este ano foi interrompida, a organização dos produtores pecuários e é, neste momento, a maior accionista do Matadouro Regional do Barroso e Alto Tâmega. São áreas que reforçam a matriz identitária da região. A nova direcção integra gente especializada que vai trabalhar em articulação com as diversas instituições e parceiros na afirmação de compromissos”.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Ricovileite 522 Top, conhece? Ração para ovelhas da Rico Gado

A Rico Gado está a promover a sua ração para ovelhas em alta produção, Ricovileite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.