Início / Agricultura / Estudo espanhol diz que compostos da uva aumentam energia das células renais

Estudo espanhol diz que compostos da uva aumentam energia das células renais

Uma equipa de investigadores da Universidade de Córdoba (UCO) confirmou que o kaempferol, um tipo de flavonoide presente em vegetais como as uvas e os brócolos, melhora a produção da co-enzima Q, que promove a regeneração celular. O estudo abre assim as portas a novas investigações para tratar doenças causadas pela deficiência desta co-enzima, que afectam órgãos como o rim.

Os membros do grupo de estudo Biomembranas, antioxidantes e stress oxidativo da UCO, em parceria com investigadores internacionais, demonstraram que o kaempferol, promove a produção da co-enzima Q, segundo destaca um comunicado da Fundación Descubre. Esta substância presente nas células fomenta a produção de energia, e isto em todas as células, animais e humanas, derivadas de tecidos renais.

Explicam os investigadores que o organismo pode obter a co-enzima Q através da alimentação, mas esta substância é principalmente produzida pelo próprio corpo através de processos celulares que ainda não são totalmente conhecidos.

No artigo “Kaempferol increases levels of coenzyme Q in kidney cells and serves as a biosynthetic ring precursor” publicado na revista Free Radical Biology and Medicine, os cientistas referem que o kaempferol aumenta a produção desta enzima em células derivadas de distintos tipos de tecidos, como o renal e o hepático. Em concreto, nas células do rim, o kaempferol é até cinco vezes mais efectivo como promotor que outros antioxidantes.

Testes com ratos

A equipa da Universidade de Córdoba confirmou que tanto em linhas celulares de rato como em células humanas, substâncias como o kaempferol, o resveratrol, a quercetina, também presentes na uva, e outros compostos considerados antioxidantes, contribuem para a produção da co-enzima, sendo o kaempferol 100 vezes mais eficaz que as outras.

Os cientistas descreveram a rota biológica daquele flavonoide e detalharam a forma como actua na produção da co-enzima Q. “O kaempferol é muito utilizado há séculos na medicina e está presente no vinho. Confirmamos a sua acção benéfica, especialmente em células de rim. A co-enzima Q produz-se a partir do próprio kaempferol, o que pode fazer com que as células renais cumpram melhor a sua função ao terem mais energia”, afirma à Fundación Descubre o investigador José Manuel Villalba da Universidade de Córdoba.

Mais informação aqui.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

SIMAB faz nova parceria para potenciar negócios agroalimentares no Reino Unido

A SIMAB – Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores e a The Portuguese Trade, L.td acabam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *