Início / Agricultura / Espécies invasoras: EDIA é case study para alunos de mestrado de seis países

Espécies invasoras: EDIA é case study para alunos de mestrado de seis países

A EDIA — Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva associou-se ao IPB – Instituto Politécnico de Beja, na segunda edição do International Fieldwork, do curso Aquatic Ecosystem Analysis, que envolve 20 alunos de Engenharia do Ambiente provenientes do IPB e de Universidades da Holanda, Lituânia, Polónia, Croácia e Brasil, a decorrer em Beja até ao próximo dia 9 de Março.

Projecto de Alqueva

Esta iniciativa, que tem como case study o projecto de Alqueva, é dirigida à problemática do combate às espécies invasoras no rio Guadiana e na albufeira de Alqueva, contando com o apoio da EDIA para a demonstração das metodologias aplicadas pela empresa nessas matérias, bem como à partilha de conhecimentos e experiências desenvolvidas.

Nesse contexto, haverá uma demonstração de desinfecção de barcos com uma das estações de limpeza da EDIA utilizadas no combate à introdução do Mexilhão Zebra nas águas de Alqueva, na próxima segunda-feira, dia 5 de Fevereiro, pelas 12 horas, junto à Marina de Alqueva.

No dia seguinte, terça-feira, o grupo desloca-se a Mérida, Espanha, para tomar contacto com a problemática associada ao Jacinto de Água.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Agricultores de Portalegre consideram restrição de apoios agroambientais “absurda”

A AADP — Associação dos Agricultores do Distrito de Portalegre considera um “absurdo” a decisão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.