Início / Mar / Aquacultura / Espanhóis e italianos criam peixe robot para monitorizar água da aquacultura

Espanhóis e italianos criam peixe robot para monitorizar água da aquacultura

Um grupo de investigadores do Centro de Automática y Robótica (CAR), da Universidade Autónoma de Madrid, em colaboração com investigadores da Universidade de Florença, estão a desenhar um veículo submarino autónomo equipado com biosensores para monitorizar a qualidade da água em unidades de aquacultura.

Estes robots, que imitam um peixe em movimento, para minimizar a perturbação e o stress dos peixes, podem detectar possíveis anomalias na água em tempo real. A máquina tem 30 cm de comprimento e imita a espinha dorsal do peixe verdadeiro.

Aquacultura em rápido crescimento

De realçar que a aquacultura é hoje o sector alimentar animal em mais rápido crescimento no Mundo, com cerca de 50% dos abastecimentos de peixes, crustáceos e moluscos a serem criados pelo homem. Mas, há que manter a sanidade destas estruturas evitando doenças nos animais, ou seja, supervisionar constantemente a qualidade da água.

Para fazer frente a este problema, aqueles investigadores estão a criar um veículo submarino autónomo com sensores integrados (biocapas) para proporcionar a vigilância, em tempo real e local, da qualidade da água nas jaulas de cria dos peixes. A investigação foi publicada na revista Sensors and Actuators B-chemical.

Agricultura e Mar Actual

 

loading...

Verifique também

Guloso lança gama de tomate biológico do Ribatejo

A “melhor selecção” de tomate biológico chega agora à mesa dos consumidores portugueses e é …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *