Início / Agricultura / Espanha eliminou 57% das árvores com Xylella fastidiosa nas Baleares
Sintomas de declínio rápido da oliveira observados em Puglia, Itália. Foto: EPPO

Espanha eliminou 57% das árvores com Xylella fastidiosa nas Baleares

A praga das oliveiras está a atacar cada vez mais culturas em Espanha, chegando ao amendoal e aos zambujeiros. O titular da pasta do Meio Ambiente, Agricultura e Pesca das Ilhas Baleares, Vicenç Vidal, informou que se confirmaram 431 árvores e plantas afectadas por Xylella fastidiosa naquelas ilhas espanholas, das quais se eliminaram 246, ou seja 57%, desde que se detectou o primeiro caso da infecção em Maiorca, em Outubro do ano passado. Do total, 280 casos da bactéria foram detectados em Maiorca, 63 em Menorca e 88 em Ibiza.

Em Maiorca confirmaram-se 13 novos casos em videiras, que se somam aos detectados numa plantação de vinho de mesa para auto-consumo, em Junho. E outros 126 em amendoeiras, 13 em olivais e 80 em zambujeiros, infectados pela sub-espécie multiplex e fastidiosa.

Em Menorca, forma encontrados 6 resultados positivos em amendoeiras, 7 em oliveiras e 46 em zambujeiros, todos da sub-espécie multiplex. Já em Ibiza o olival é a cultura mais castigada, com 30 casos positivos, 2 em amendoeiras e 43 em zambujeiros, todos pela sub-espécie pauca.

Vicenç Vidal reuniu-se com o sector agrário e presidiu a primeira reunião sectorial vitivinícola para apresentar as acções de combate à Xylella fastidiosa, tendo informado que estas vão ter cinco frentes: participação dos agricultores, um plano de contenção, investigação, experimentação e apoios ao sector.

Ver também:

Conselho Oleícola Internacional reúne especialistas na luta contra a Xylella fastidiosa

Espanha: Xylella fastidiosa leva a quebra de 50% na colheita de amêndoa em Maiorca

Alerta: Xylella fastidiosa chegou ao território continental espanhol

55% dos casos de Xylella confirmados nas Baleares afectam amendoeiras e oliveiras

Xylella fastidiosa, o que é, como prevenir?

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Monliz quer contratar 5.000 hectares de hortícolas em Portugal e vai à AgroGlobal

A Monliz, a mais recente unidade industrial do grupo belga Ardo, líder mundial em produtos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *