Início / Agricultura / emRede n.º 8 já está online: sobre alterações climáticas na agricultura, florestas e territórios rurais
Designed by kjpargeter / Freepik

emRede n.º 8 já está online: sobre alterações climáticas na agricultura, florestas e territórios rurais

A Revista emRede n.º 8 – “Respostas às Alterações Climáticas – Agricultura, Florestas e Territórios Rurais”jáestá online.

A publicação da Rede Rural Nacional apresenta neste número um olhar dos decisores políticos, dos representantes do sector e dos académicos sobre os desafios que se colocam à interacção entre as actividades humanas e as alterações climáticas e o testemunho de iniciativas que ensaiam soluções para lhes dar resposta.

No editorial, a Coordenadora Nacional da Rede Rural Nacional, Maria Custódia Correia, diz:

“As alterações climáticas (AC) são a maior ameaça ambiental do século XXI, com consequências profundas e transversais em várias áreas da sociedade: económica, social e ambiental. As mudanças climáticas sempre foram registadas ao longo dos milhares de anos do planeta Terra. O problema prende-se com o facto de, no último século, o ritmo entre estas variações climáticas ter sofrido uma forte aceleração, e a tendência é que tome proporções e consequências cada vez mais caóticas, se não forem tomadas medidas enérgicas.

O aumento da temperatura, a redução da precipitação e a ocorrência de fenómenos extremos, como são exemplo as ondas de calor e secas ou chuvas torrenciais fora de época, são fenómenos cada vez mais frequentes, e as consequentes perdas agrícolas representam uma ameaça real para as economias mundiais.

Imprescindível reduzir as emissões dos gases de efeito estufa

É, por isso, imprescindível reduzir as emissões dos gases de efeito estufa, eliminando progressivamente o uso massivo dos combustíveis fósseis, substituindo-os por energias renováveis, fomentando a poupança de energia e a eficiência energética, optando por formas de agricultura sustentável, por forma a minimizar quanto possível a pegada de carbono.

Todos os sectores são afectados pelas AC, em particular o sector agrícola, o qual enfrenta um grande desafio ao nível da adaptação às AC e na mitigação dos seus efeitos.

De salientar que a agricultura, embora sendo parte do problema, é também parte da solução ao ter um papel importante no sequestro de carbono.

As respostas que o sector agrícola tem dado

A presente edição da revista, dedicada às respostas que o sector agrícola tem dado e continuará a dar a esta questão, apresenta uma arquitectura simples e lógica: são referidas as políticas nacional e europeia de resposta às AC, bem como as principais metas a atingir; seguem-se diversas perspectivas de análise, públicas e privadas, sobre a adaptação do sector agrícola às AC, incidindo em vários temas da actualidade (bioeconomia, gestão da água e do solo, gestão e valorização da Floresta, sistemas agrícolas sustentáveis, etc.); finalmente, apresentam-se, por região, algumas iniciativas / projectos que espelham a adaptação do sector agrícola às AC.

Ao dedicarmos a 8.ª edição da Revista da Rede Rural Nacional a esta temática, esperamos poder, de alguma forma, contribuir para a informar e difundir conhecimentos e boas práticas conducentes à adaptação do sector agrícola às AC.”

Pode ver a revista completa aqui.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Produtividade da batata de regadio aumenta 10%. Tomate para a indústria com boas perspectivas

A apanha da batata de regadio está a decorrer e confirmam-se os aumentos de produtividade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.