Início / Agricultura / Empresa italiana procura parceiro para produção de farinha de gafanhoto para ração para animais

Empresa italiana procura parceiro para produção de farinha de gafanhoto para ração para animais

Uma empresa italiana, sediada no norte da Itália, perto da cidade de Milão, quer ampliar a produção de farinha de gafanhotos usada em rações para animais de estimação.

A empresa procura parceiros industriais com conhecimento no campo de proteínas animais para ajudar no processo de automatização.

Segundo a secção de Oportunidades de Negócio da Enterprise Europe Network, a empresa retende estabelecer acordo de cooperação em I&D, mas outros tipos de parcerias podem ser discutidos.

Para mais informações, procurar pela referência IT-2019-060 aqui.

A Enterprise Europe Network é uma rede de serviços para ajudar as empresas a inovar e a competir melhor no espaço europeu.

Mais de 500 pontos de contacto

Formada por mais de 500 pontos de contacto, espalhados por 40 países na Europa, a rede oferece um conjunto de serviços descentralizados e de proximidade, que apoiam as pequenas e médias empresas (PME) no seu processo de internacionalização e no encontro de parceiros estratégicos para a inovação e o desenvolvimento sustentado dos seus negócios.

Em Portugal, liderada pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, a Enterprise Europe Network é representada por um consórcio que envolve doze entidades públicas e associativas, distribuídas regionalmente por todo o território nacional, incluindo as regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Terra Rica lança dois novos azeites e aposta no miolo de pinhão

A Terra Rica, marca com uma herdade localizada no concelho de Alcácer do Sal, acaba …

2 comentários

  1. Francisco Carlos

    Eu estou enteressado em fazer parceria para arranjar gafanhotos para fabricação de farinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.