Início / Featured / Docapesca arranca com dragagem do Rio Gilão. Investimento de 282 mil euros

Docapesca arranca com dragagem do Rio Gilão. Investimento de 282 mil euros

A Docapesca – Portos e Lotas iniciou a dragagem de manutenção de fundos do Rio Gilão, em Tavira, no troço compreendido entre o edifício da lota e a ponte rodoviária a nascente, para garantir as cotas de fundo necessárias à salvaguarda das condições de segurança para a navegação, abastecimento e estacionamento nessa área.

O investimento ascende a 281.650 euros, a intervenção tem um prazo de execução de 45 dias e os materiais a dragar terão um volume máximo estimado de 43.500 m³.

Recuperar as cotas mínimas de serviço

Os trabalhos, explica uma nota de imprensa da Docapesca, visam recuperar as “cotas mínimas de serviço imprescindíveis à operacionalidade de estacionamento e descarga do pescado em lota, sendo também essenciais para o Projecto de Reordenamento das Embarcações no Rio Gilão, que inclui a implantação de estruturas (plataformas) de acostagem ao longo da margem direita do rio, entre o Mercado da Ribeira e a Ponte dos Descobrimentos”.

Estas estruturas incluem cinco cais, designadamente, para o desembarque do pescado, para operação das empresas marítimo-turísticas, para o embarque para a ilha de Tavira, para embarcações de pesca profissional e para abastecimento de combustível.

Requalificação do espaço urbano do Município de Tavira

Trata-se de um projecto enquadrado nas acções de requalificação do espaço urbano que o Município de Tavira tem promovido, em particular na frente ribeirinha do Gilão.

O Rio Gilão é um dos principais cursos de água que drenam para a Ria Formosa. Trata-se de uma zona ainda sujeita à influência da maré.

Risco de inundação

“As áreas marginais do rio encontram-se sujeitas ao risco de inundação, existindo registos de galgamento em situações de cheia”, salienta a Docapesca.

Este foi um dos investimentos anunciados pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, em 21 Agosto de 2017, no âmbito de uma visita oficial ao município de Tavira. O concurso público foi lançado pela Docapesca em Abril último.

A Docapesca – Portos e Lotas é uma empresa do Sector Empresarial do Estado tutelada pelo Ministério do Mar, que tem a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao sector da pesca e respectivos portos, dispondo de 22 lotas e 37 postos.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Governo dos Açores desafia agricultores a diminuir a dependência dos apoios

O director Regional da Agricultura afirmou, na ilha Terceira, que os agricultores devem apostar, cada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.