Início / Agenda / DGAV esclarece tecnologia e segurança dos alimentos: doces, compotas, geleias e marmeladas

DGAV esclarece tecnologia e segurança dos alimentos: doces, compotas, geleias e marmeladas

A DGAV — Direcção Geral de Alimentação e Veterinária vai realizar uma Sessão de Esclarecimento subordinada ao tema “Tecnologia e segurança dos alimentos: doces, compotas, geleias e marmeladas”, no dia 14 de Novembro de 2018, no Auditório da DGAV, na Quinta do Marquês, em Oeiras.

As inscrições, embora gratuitas, são obrigatórias e devem ser remetidas até ao dia 12 de Novembro de 2018 (aqui).

Programa

  • 09H00 – 09H30 Receção aos participantes
  • 09H30 – 10H00 Qualidade de segurança microbiológica de conservas de frutos no âmbito HACCP          Origem acção e factores condicionantes da actividade microbiana
    Critérios microbiológicos na gestão da qualidade e segurança
    Sistemas de controlo da qualidade microbiológica e rastreabilidade
    Conceito HACCP: definições e terminologia
    Dr.ª Cristina Aleixo – INIAV
  • 10H30 -11H00 Coffee-break
  • 11H00 -13H00 Tecnologia de doces, compotas, geleias e marmeladas
    Enquadramento: conceito de produto, qualidade versus segurança
    Processamento tecnológico: matéria-prima, processo, embalagem e armazenamento
    Desenvolvimento do plano HACCP
    Desenvolvimento do plano de pré-requisitos
    Avaliação do risco e identificação dos pontos de controlo
    Plano de controlo HACCP
    Auditoria
    Dr.ª Elsa M. Gonçalves – INIAV
  • 13H00 -14H30 Almoço livre
  • 14h30 –17h30 Análise de situações práticas
    Debate e conclusão
    Dr.ª Elsa M. Gonçalves – INIAV
    Dr.ª Marta Abreu – INIAV

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Governo dos Açores desafia agricultores a diminuir a dependência dos apoios

O director Regional da Agricultura afirmou, na ilha Terceira, que os agricultores devem apostar, cada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.