Início / Featured / Derrame de combustível no Porto de Sines. Ministério Público está a investigar

Derrame de combustível no Porto de Sines. Ministério Público está a investigar

Ontem, 4 de Abril, o Porto de Sines foi palco de um derrame de combustível, durante um reabastecimento. A infra-estrutura portuária conseguiu evitar a poluição por fuel oil, colocando barreiras de contenção na área. O Ministério Público está a investigar.

O Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Sines recebeu ontem, 4 de Abril, um alerta, cerca das 23h45, para um incidente de poluição no Terminal de Contentores do Porto de Sines durante uma operação de reabastecimento, que envolveu um navio reabastecedor e um navio porta-contentores.

“Durante a operação de reabastecimento houve um derrame de combustível, tendo a Administração do Porto de Sines, que tem responsabilidade na área portuária, iniciado todos os procedimentos com vista à contenção do combustível (fuel oil) derramado, colocando barreiras de contenção na área”, explica um comunicado da Autoridade Marítima Nacional.

Poluição contida

Estando o produto contido, a Administração Portuária, com a colaboração da Capitania do Porto de Sines, iniciou esta manhã a recolha do produto e a limpeza da área, operação que continua em curso.

A equipa de investigação da Polícia Marítima, em articulação com o Ministério Público, está a investigar as causas do incidente.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Confederação dos Agricultores de Portugal contra cortes no apoio às medidas agroambientais

A CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal esteve, juntamente com outras organizações representativas do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.