Início / Agricultura / Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 1 a 7 Janeiro 2018

Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 1 a 7 Janeiro 2018

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Ovinos

A cotação média nacional dos borregos de <12 Kg sofreu uma quebra significativa em relação à semana anterior (-67 cêntimos / Kg). Os borregos de 22-28 Kg e de >28 Kg mantiveram-se estáveis.

Na Beira Interior a oferta de borrego foi média nas áreas de mercado de Castelo Branco e Cova da Beira e baixa na Guarda; a procura foi fraca nas três áreas analisadas. Redução da procura em Castelo Branco e Cova da Beira, o mesmo acontecendo aos borregos de <12 Kg, respectivamente -50 cêntimos / Kg e -1,5 EUR / Kg.

Na Beira Litoral a oferta de borrego foi fraca na área de mercado de Viseu e média em Coimbra e a procura foi fraca nas duas áreas. A procura sofreu uma quebra em relação à semana anterior nas duas áreas, tendo os borregos de <12 Kg baixado -1,3 EUR / Kg em Viseu e -1,0 EUR / Kg em Coimbra.

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de borrego foram relativamente fracas. Descida de cotações dos borregos de <12 Kg (-50 cêntimos / Kg) e de 13-21 Kg (-20 cêntimos / Kg).

No Alentejo a oferta de borrego foi fraca nas áreas de mercado de Estremoz e Beja, relativamente fraca em Évora e Alentejo Norte e média no Alentejo Litoral e Elvas; a procura foi média em Évora, Alentejo Litoral e Estremoz, relativamente animada no Alentejo Norte e Elvas e animada em Beja. Descida dos borregos de 13-21 Kg em Évora (-30 cêntimos / Kg) e dos borregos de 13-21 e de 22-28 Kg no Alentejo Norte (-10 e -5 cêntimos / Kg) e subida dos borregos de 13-21 e 22-28 Kg em Estremoz (+20 cêntimos / Kg).

Caprinos

Na semana em análise a cotação média dos cabritos de <10 Kg subiu em relação à semana anterior na região de Trás-os-Montes (+25 cêntimos / Kg). Pelo contrário, sofreu uma quebra na Beira Interior (-67 cêntimos / Kg) e na Beira Litoral (-1,5 EUR / Kg).

Na Beira Interior a oferta de cabrito foi relativamente fraca na área de mercado da Sertã e fraca na Cova da Beira e na Guarda; a procura foi fraca na Guarda e relativamente fraca na Cova da Beira e na Sertã. A procura caiu nas duas últimas áreas, o mesmo acontecendo às cotações dos cabritos de <10 Kg, -1,5 EUR / Kg e -50 cêntimos / Kg, respectivamente.

Na Beira Litoral a oferta de cabrito foi fraca na área de mercado de Coimbra e média em Viseu; a procura foi muito fraca em Coimbra e média em Viseu. A procura sofreu esta semana uma quebra significativa em Coimbra. Redução das cotações dos cabritos de <10 Kg, -2,0 EUR / Kg em Coimbra e -1,0 EUR / Kg em Viseu.

Em Trás-os-Montes a oferta de cabrito foi média e a procura relativamente animada. As cotações dos cabritos de <10 Kg subiram em relação à semana anterior nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente (+25 cêntimos / Kg).

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta de cabrito foi média e a procura foi fraca. Quebra de cotações dos cabritos de <10 Kg e de >10 Kg (-1,5 EUR / Kg).

No Alentejo a oferta de cabrito foi fraca na área de mercado de Estremoz e média no Alentejo Norte; a procura foi fraca no Alentejo Norte e média em Estremoz. A procura aumentou em Estremoz, o mesmo acontecendo às cotações dos cabritos de <10 Kg e de >10 Kg (+20 cêntimos / Kg).

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Açores. Director Regional alerta: importante garantir pescaria sustentável de atum

O director Regional das Pescas dos Açores remeteu hoje, 18 de Junho, um comunicado às …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.