Início / Agricultura / Cotações – Frutos Frescos – Informação Semanal – 28/12 a 3-1-2016

Cotações – Frutos Frescos – Informação Semanal – 28/12 a 3-1-2016

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Os produtores de kiwi estão a conseguir vender para Espanha, apesar da concorrência de produto com Grécia e Itália. A cotação da laranja mantém-se estável.

No Alentejo, na área de mercado de Odemira, a oferta de morango foi muito baixa, mas a procura manteve-se média/alta, com subida das cotações.

Frutos Frescos – Mercados de Produção

Abacate – No Algarve, a oferta de abacate “Hass, Reed e Bacon” foi média/baixa e equilibrou a procura. Escoamento regular. Produto de calibres pequenos. Cotações estáveis.

Clementina – No Algarve, a oferta de clementina “Oronulos” foi média e satisfez a procura. Cotações sem alteração. Escoamento regular. Produto com qualidade média e de calibre 2 e 3.

Dióspiro – No Algarve, a oferta de dióspiro “Tipo Mole e Rijo” foi média e a procura média/baixa. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Framboesa – Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado da Península de Setúbal, toda a produção foi escoada. Descida da cotação máxima.
Na Região do Alentejo, na área de mercado de Odemira, a oferta continuou média/alta e a equilibrar a procura. Produto de excelente qualidade. Cotações estáveis.
No Algarve, a oferta foi inferior à procura média. Bom escoamento. Produto de categoria I para exportação e categoria II para o mercado nacional. Cotações estáveis.

frescos 01Goiaba – No Algarve, a oferta e a procura fora baixas. Escoamento fraco. Cotações sem alteração.

Kiwi – Na Região Norte, na área de mercado do “Grande Porto”, a oferta de kiwi manteve-se alta e equilibrou a procura. Boa qualidade e bom escoamento. Cotações estáveis. Saída de kiwi para Espanha e concorrência de produto da Grécia e Itália.
Na Região Centro, na área de mercado da Beira Litoral, a oferta e a procura foram altas. Cotações estáveis. Saída de produto para Espanha.

Laranja – No Alentejo, na área de mercado da Vidigueira, a oferta e a procura de laranja mantiveram-se médias. Boa qualidade do produto. Cotações estáveis.
No Algarve, a oferta de laranja “Newhall” manteve-se média/alta e a procura média/baixa. Escoamento regular. As cotações não se alteraram.

Limão – Na Região Centro, na área de mercado de Montes da Senhora, a oferta equilibrou a procura média. Cotações estáveis.
No Algarve, a oferta equilibrou a procura média/baixa. Boa qualidade e apresentação. Escoamento regular. Cotações estáveis.

frescos 02

Maçã – Na Região Norte, na área de mercado de Carrazeda de Ansiães, o volume de transacções foi sensivelmente igual, mas com a oferta ligeiramente superior à procura. Algumas dificuldades de escoamento, nomeadamente na maçã com calibres inferiores a 70-75mm. Cotações estáveis. Concorrência de produto estrangeiro.

Na área de mercado de Douro Sul, a semana foi caracterizada por uma redução de vendas em relação à anterior. Neste período de festas, os consumidores escolhem outros frutos em detrimento da maçã. A oferta continuou superior à procura (alta e média, respectivamente). Promoções nas grandes superfícies para fomentar o consumo de maçã. Exportação de maçã da região e presença de maça do estrangeiro.

Na Região Centro, na área de mercado de Viseu, a oferta foi média e a procura média/baixa. Cotações estáveis. A época é mais propícia à procura de frutos exóticos em detrimento da fruta “convencional”, provocando uma descida na procura da maça.

Na área de mercado da Guarda, a oferta apresentou-se média/alta e a procura média/baixa. Cotações estáveis.
Na área de mercado da Cova da Beira, a procura de maçã foi idêntica à da semana anterior, porque neste período festivo os consumidores dão preferência a doces e frutos mais “sumarentos”. Parte significativa da produção dos calibres mais pequenos, de todas as variedades, continuou a ser comercializada para as Grandes Superfícies, já embalada em sacos de plástico, com aproximadamente 1,5 kg. Cotações estáveis.

Na área de mercado de Leiria, a oferta manteve-se média/alta e a procura baixa. Cotações estáveis.
Na Região do Alentejo, na área de mercado da Juromenha, a oferta de maçã foi média e de boa qualidade. Procura baixa. Cotações estáveis. Vendas a granel, com cotações 5 cêntimos inferiores à registadas, excepto a maçã “Granny Smith 65-70 mm” vendida por menos 10 cêntimos.

Marmelo – No Algarve, a oferta equilibrou a procura baixa. Escoamento fraco. Qualidade comercial média . Cotações estáveis.

Morango – No Alentejo, na área de mercado de Odemira, a oferta foi muito baixa, mas a procura manteve-se media/alta. Subida das cotações.

Pêra – Na área de mercado de Leiria, a oferta manteve-se média e a procura média/baixa. Boa qualidade do produto. Cotações estáveis.
Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado do Oeste, continuou a decorrer a campanha da pêra.

Tangera – No Algarve, a oferta equilibrou a procura baixa. Escoamento fraco. Cotações estáveis.

Tangerina – No Algarve, a oferta de tangerina “Setubalense” foi suficiente para a procura média/baixa. Escoamento regular. Cotações sem alterações. Produto de qualidade média. A oferta e a procura de tangerina “Clemenvilla/Nova” mantiveram-se baixas. Escoamento fraco . Cotações estáveis. Produto de qualidade média.

Frutos Frescos – Mercados Abastecedores

Nos mercados abastecedores, a oferta de fruta fresca continuou abundante para a castanha, clementina, laranja, kiwi, maçã e pêra. A procura esteve pouca animada mas foi maior para o ananás, banana, castanha, clementina, kiwi, laranja, limão, maçã, tangerina e pêra. Quanto ao mercado dos produtos importados, o ananás da Costa Rica e do Equador, banana (de várias procedências), anona, clementina, limão, maçã Granny Smith, romã e uva de Espanha , uva de Itália, manga, melão, lima e papaia do Brasil, foram os mais representativos.

Abacate – Oferta suficiente de abacate das variedades “Bacon” e “Reed”. Procura normal. Manutenção das cotações. Presença de abacate de Espanha.

Anona – Oferta suficiente de anona proveniente de Espanha. Frutos acondicionados em caixas de 10/12 kg e tabuleiro de 4/5 kg. Boa procura. Subida das cotações.

Ananás – Oferta suficiente de ananás oriundo da Costa Rica e do Equador, de diversas imagens de marca e categorias. Boa procura, essencialmente para as marcas “Chiquita” e “Delmonte”, esta última a mais valorizada. Oscilações das cotações. Presença de ananás dos Açores, com boa procura, transaccionado a valores muito superiores ao produto importado.

Banana – Oferta abundante de banana “dólar”, de diversas origens e imagens de marca, acondicionada em caixas com 18 kg e suficiente para a banana da Madeira. Boa procura. Manutenção das cotações.

Castanha – Oferta abundante de castanha de origem nacional. Frutos de diversas variedades e calibres, acondicionados em sacos de 5kg e palotes. Procura média. Manutenção das cotações.

Clementina– Oferta suficiente de clementina nacional (Algarve). Frutos com boa apresentação de vários calibres, acondicionados em caixas de 10/12 kg. Boa procura. Manutenção das cotações.

Dióspiro – Diminuição da oferta de diospiro das variedade “tipo mole” de origem nacional (Algarve). Presença de dióspiro proveniente de Espanha da variedade “tipo rijo”. Procura normal. Manutenção das cotações.

Kiwi – Oferta suficiente de kiwi (Hayward) de origem nacional. Produto de boa qualidade de diversos calibres, acondicionados em caixas. Boa procura. Manutenção das cotações.

Laranja – Oferta abundante de laranja do Algarve da variedade “Newhall”. Boa procura. Manutenção das cotações. Presença de laranja de Espanha.

Lima – Oferta suficiente de lima proveniente do Brasil. Frutos embalados em caixa de cartão de 4 kg, com diferentes imagens de marca. Procura normal. Manutenção das cotações.

Limão – Oferta suficiente de limão de origem nacional. Boa procura. Presença de limão de Espanha. Manutenção das cotações para todo o produto.

Maçã – Oferta significativa de maçã de origem nacional das variedades “Bravo Esmolfe n/certificada”, “Fuji”, “Golden Delicious”, “Granny Smith”, “Red Delicious”, “Royal Gala” e “Reineta Parda”. Procura normal. Manutenção das cotações. Presença de maçã importada do Chile, Espanha e França.

Manga – Oferta suficiente de manga do Brasil (avião). Frutos com boa apresentação, de diversas variedades, acondicionados em tabuleiro. Boa procura. Manutenção das cotações.

Morango – Os mercados foram assegurados com morango proveniente de Espanha. Frutos acondicionados em caixas e cuvetes. Boa procura. Oscilações das cotações para todo o produto.

Papaia – Oferta suficiente de papaia do Brasil. Frutos com boa apresentação, acondicionados em tabuleiro. Procura normal. Manutenção das cotações.

Pêra – Oferta abundante de pêra da variedade “Rocha”, sendo menor a disponibilidade da variedade “Doyenne Commice”. Frutos com boa apresentação de diversos calibres, acondicionados em caixas e tabuleiro. Boa procura. Manutenção das cotações.

Romã – Os mercados foram assegurados com romã proveniente de Espanha. Procura normal. Manutenção das cotações.

Tangerina – Oferta significativa de tangerina das variedades “Clemenvilla/Nova, “Fremont” e Setubalense. Frutos com boa apresentação de diversos calibres, acondicionados em caixas com 10/12 kg. Boa procura. Manutenção das cotações.

Uva – Os mercados foram assegurados com uva “branca” proveniente de Espanha e de Itália e uva rosada do Peru. Procura normal. Manutenção das cotações.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

2.ª Conferência Agro-Logística já tem inscrições abertas

A 2.ª Conferência Agro-Logística, que decorre no dia 20 de Fevereiro, no Palácio Marqueses da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.