Início / Agricultura / Cotações – Cereais – Informação Semanal – 22 a 28 Outubro 2018

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 22 a 28 Outubro 2018

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Milho Grão Forrageiro

Na campanha 2018-2019, a produção mundial de milho deverá aumentar cerca de 2,6% em relação à campanha anterior, impulsionada por aumentos de produção no Brasil, Argentina, Ucrania e EUA (FranceAgriMer).

No período de 8 de Agosto a 8 de Outubro de 2018, os preços de exportação do milho registaram uma evolução decrescente nos principais mercados exportadores.

Na UE e em França, a produção de milho na campanha 2018-2019 é inferior à da campanha anterior, devido à seca, que fez diminuir a produtividade. Devido aos preços elevados de outros cereais forrageiros, estava a aumentar o consumo de milho pela indústria europeia de alimentos compostos para animais.

Em Portugal, área semeada com milho de regadio aumentou 5%

Em Portugal, na campanha 2018-2019, a área semeada com milho de regadio aumentou cerca de 5%, relativamente à campanha anterior. No Alentejo o aumento estava estimado em 2% e no Ribatejo em 15%.

Na semana em análise, prosseguiram as campanhas de comercialização do milho grão da campanha 2018-2019 nas áreas de mercado Alentejo Ribatejo.

A nível nacional, as cotações mais frequentes do milho grão forrageiro variaram entre 165€/ton e 175€/ton.

Comércio internacional

Portugal é importador líquido de cereais. No primeiro semestre de 2018, o deficit cerealífero em volume agravou-se, tendo aumentado 9% relativamente ao primeiro semestre de 2017.

No primeiro semestre de 2018, o deficit comercial português em cereais aumentou 6% relativamente ao primeiro semestre de 2017.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Último concerto do ano de Cuca Roseta é na Casa da Música e é solidário

A fadista Cuca Roseta juntou-se à Vida Norte e à Casa da Música, no Porto, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.