Início / Agricultura / Cotações – Azeite – Informação Semanal – 5 a 11 Março 2018

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 5 a 11 Março 2018

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

No nosso País, em ano de safra, a campanha 2017-2018 de produção de azeite foi excepcional, tanto na quantidade de azeitona colhida, como no rendimento em azeite da azeitona laborada nos lagares.

O volume de azeite produzido deverá ter ultrapassado as 120 mil toneladas, com o azeite a registar baixos níveis de acidez e sendo quase todo classificado como “virgem extra”.

Espanha

Em Espanha, o volume de produção de azeite deverá ser um pouco inferior ao da campanha anterior. Na semana em análise, em Espanha (Olimerca) as cotações do azeite virgem extra a granel continuaram a descer, agora mais acentuadamente (entre -0,10€/kg e -0,30€/kg): as cotações regionais variaram entre o mínimo de 3,10€/kg, registada nos mercados de Extremadura e Granada, e o máximo de 3,40€/kg, no mercado de Sevilha.

Portugal

Em Portugal, continuaram a ser observadas transacções a granel na área de mercado Trás-os-Montes: a cotação mais frequente do azeite virgem extra a granel manteve-se em 3,85€/kg.

A cotação mais frequente do azeite virgem extra engarrafonado (garrafão de 5 litros) desceu na área de mercado Trás-os-Montes. Globalmente, as cotações mais frequentes deste produto variaram entre o mínimo de 4,07€/litro e o máximo de 5,10€/litro.

A cotação mais frequente do azeite biológico manteve-se em 10€/l na área de mercado Alentejo.

Comércio internacional

Em Portugal, no primeiro trimestre da campanha 2017-2018 as exportações de azeite aumentaram 30% em volume e 54% em valor, relativamente ao período homólogo da campanha 2016-2017.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Depois de Silves, Câmara de Avis não aceita transferência de competências para 2019

A Câmara Municipal de Avis, liderada pelo comunista Nuno Paulo Augusto da Silva, acaba de anunciar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.