Início / Agricultura / Cotações – Azeite – Informação Semanal – 10 a 16 Junho 2019

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 10 a 16 Junho 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Conjuntura semanal

Em Espanha, na região da Andaluzia, as cotações do azeite virgem extra a granel voltaram a subir, em relação à semana anterior, e variaram entre 2,20€/kg, na província de Granada, e 2,50€/kg, na província Sevilha, tendo a cotação subido para 2,30€/kg na província de Jaén.

Na região da Extremadura a cotação manteve-se em 2,15€/kg.

Na Andaluzia, as perspectivas para a próxima campanha (2019-2020) apontam para uma quebra na produção: as altas temperaturas e à ausência de chuva estão a provocar importantes perdas de fruto.

Portugal

Em Portugal, na semana em análise, foram registadas cotações a granel na área de mercado Trásos-Montes: cotação mais frequente do azeite virgem extra = 2,80€/kg.

A cotação mais frequente do azeite virgem extra em garrafão variou entre 4,00€/litro e 5,00€/litro.

Azeite biológico

Foram registadas cotações de azeite biológico na a.m. Beira Interior: a cotação mais frequente do azeite virgem extra biológico em garrafa de 0,5 litro manteve-se em 8,00€/litro.

Foi dada por encerrada a campanha de comercialização na a.m. Beira Litoral.

As cotações podem ser consultadas aqui.

Comércio internacional

Nos primeiros 6 meses da campanha 2018-2019 (Outubro – Março), tanto as exportações como as importações portuguesas de azeite virgem extra e virgem aumentaram em volume, relativamente ao período homólogo da campanha anterior, mas diminuíram em valor, o que reflectirá a baixa do preço do azeite no mercado mundial.

O nosso saldo comercial em azeite aumentou ligeiramente (+1,8%). Nos primeiro 3 meses de 2019, as importações de azeite português pelos Estados Unidos quase triplicaram.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Ombria Resort convida crianças de Querença para preservar a floresta autóctone

O Ombria Resort, em Loulé, recebeu, dia 6 de Dezembro, crianças para uma acção de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.