Início / Empresas / Coopérnico: cooperativa de energias renováveis ultrapassa 1 M€ de investimento

Coopérnico: cooperativa de energias renováveis ultrapassa 1 M€ de investimento

A Coopérnico, a primeira cooperativa portuguesa de energias renováveis, ultrapassará 1 milhão de euros de investimento directo dos cidadãos em projectos de energias renováveis, com a abertura do primeiro projecto de energia solar no concelho de Vila do Conde

A Coopérnico – Cooperativa Portuguesa de Energias Renováveis, abre hoje, 20 de Agosto,  a investimento aos seus membros o seu maior projecto de energia renovável descentralizada.

1 MWp de potência instalada em energia fotovoltaica

Com este projecto a Coopérnico alcança dois marcos importantes: ultrapassa 1 milhão de euros de investimento directo dos cidadãos em produção de energia renovável e alcança 1 MWp de potência instalada em energia fotovoltaica.

Este novo projecto tem como parceira a Venerável Ordem Terceira de S. Francisco de Vila do Conde. A instituição está presente de forma activa no concelho há 152 anos e tem sabido acompanhar esta evolução ao longo dos últimos anos, registando grande confiança nos desafios do presente.

Coopérnico já tem 1.090 membros

A Coopérnico conta hoje com 1.090 membros com vontade de construírem uma empresa social dentro do sector energético, que aposta na transição energética e na transparência. No total, a produção da Coopérnico equivale ao consumo de mais de 600 famílias e evita a emissão de 1.000 toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano, garante a cooperativa

A Coopérnico tem por missão envolver os cidadãos, empresas e diferentes entidades na criação de um novo paradigma energético – renovável e descentralizado – em benefício da sociedade e do meio ambiente.

A primeira cooperativa portuguesa de energias renováveis defende um modelo energético renovável, justo e responsável que contribua para um futuro social, ambiental e energeticamente sustentável.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

INE: Pastagens e culturas forrageiras com bom desenvolvimento

O aumento dos teores de humidade do solo, as temperaturas amenas e a ausência de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.