Início / Agenda / Congresso Internacional de Viticultura de Montanha: entrega de resumos pode ser feita até 5 de Dezembro

Congresso Internacional de Viticultura de Montanha: entrega de resumos pode ser feita até 5 de Dezembro

A ADVID — Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense informa que o prazo de apresentação de resumos para o VII Congresso Internacional Viticultura de Montanha (CERVIM) foi prorrogado, até dia 5 de Dezembro.

A Associação relembra ainda que o CERVIM decorrerá de 14 a 16 de Maio de 2020, em Portugal, Vila Real, numa organização conjunta da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), da Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID) e da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

“Este congresso constitui uma importante oportunidade para divulgação e actualização das inovações técnicas e científicas em viticultura e enologia, adaptadas às regiões de montanha”, diz a organização do evento.

Para mais informações, em particular os prazos, consulte o site do congresso e faça seu registo aqui.

Cervim

O Cervim — Centro de Pesquisa, Sustentabilidade Ambiental e Avanço da Viticultura da Montanha, é uma organização internacional criada com o propósito específico de promover e proteger esta “heróica viticultura”.

É por isso que o Comité Científico e Técnico do centro definiu os critérios para identificar este tipo de viticultor:

  • Vinhedos em altitudes superiores a 500 metros (1600 pés);
  • Videiras plantadas em declives superiores a 30%;
  • Videiras plantadas em terraços ou aterros;
  • Videiras plantadas em pequenas ilhas em difíceis condições de cultivo.

Objectivos

Entre os muitos objectivos pré-estabelecidos pelo Cervim nos últimos 25 anos de actividade, para a valorização da protecção da vitivinicultura de montanha em/ou difíceis condições orográficas, o que os mais incentivou “sempre foi a necessidade de identificação aos olhos dos consumidores, dos vinhos da região”, de montanha.

“Vinhos produzidos em contextos difíceis, frequentemente depois de horas de trabalho árduo manual, que têm uma lei de mercado que não pode garantir aos produtores um rendimento adequado ajustado ao trabalho que foi realizado”, dizem os dinamizadores do Centro.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Campeonato Nacional de Ornitologia em 2020 pode ser nos Açores. Governo Regional apoia

O Director Regional da Agricultura dos Açores manifestou a total disponibilidade do Governo para ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.