Início / Agricultura / Como cultivar tomate-cereja: tudo o que deve saber

Como cultivar tomate-cereja: tudo o que deve saber

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

O tomate-cereja (Solanum lycopersicum var. cerasiforme) é uma espécie de tomate cujo tamanho é menor e, que tem normalmente um sabor mais adocicado quando comparado com o tomate mais comum.

Usualmente, é utilizado em saladas ou até mesmo para embelezamento de pratos  e tem vindo a “ganhar” cada vez mais apreciadores para fins culinários.

Este tipo de tomates caracteriza-se por ter boas produções uma vez que um  pé de tomate-cereja pode dar muitos frutos.

Deve ter em consideração que este tipo de tomates deve “apanhar” pelo menos 4/5 horas de sol por dia e ser regado frequentemente para maximizar os resultados e produções.

Variedades de tomate-cereja: conheça algumas…

Existem algumas variedades de tomate-cereja que deve ter em consideração caso queira iniciar-se no seu cultivo, nomeadamente:

  • Sungold

Este tipo de tomate-cereja cresce e desenvolve-se rapidamente,  conseguindo-se efectuar a colheita destes tomates de forma célere. Das variedades de tomate que enuncio neste artigo, é aquela que dá frutos primeiro.

tomate-cereja em vaso

Fonte da imagem: Bobby-Seeds

  • Chadwick e Fox

Esta variedade de tomates-cereja também tem um crescimento rápido e é caracterizada por um sabor mais picante.

 

tomate -cereja como plantar

Fonte da imagem: Martha Stewart

  • Sweet Treats

De todas as variedades de tomate-cereja indicadas neste artigo, esta é aquela que apresenta os frutos com uma cor vermelha mais intensa e profunda, caracterizando-se também por serem doces e resistentes a várias pragas e doenças durante o seu ciclo cultural.

tomate-cereja como plantar e cuidar

Fonte da imagem: Fafard

  • Sun Sugar

Este tipo de  tomate-cereja é parecido com a variedade Sungold indicada acima, no entanto,   a sua pele é mais resistente acabando por não “rachar” com tanta facilidade.

tomate -cereja como plantar em estufa
Fonte da imagem:Urban Farmer

Agora que já sabe um pouco mais sobre as variedades de tomate-cereja, que tal colocar “mãos à obra” e começar a planear a sua sementeira/plantação?

1 .  Quando cultivar?

Se cultivar sob vidro, semeie a semente em meados da Primavera num calor muito moderado ou em estufa não aquecida.

Pode considerar cultivar também no interior da sua casa ou no exterior.

Caso considere o interior da sua casa:

Época da sementeira: inicio até meados da Primavera, sendo a sementeira efectuada em módulos  ou vasos.

Se considerar plantar: a época de plantação ocorre entre meados e o fim da Primavera.

Caso considere o exterior:

Época de sementeira no exterior: meados da Primavera

Época de plantação no exterior: início do Verão

tomate-cereja como plantar e cultivar

2 . Qual a distância entre plantas que devo considerar?

Distância de plantação (em cordão): 45 cm

Distância de plantação (em arbusto): 60 cm

Distância entre linhas de sementeira: 75 cm

3. Quando devo colher?

A colheita deve ser efectuada no fim do verão.

4. Quando devo transferir os tomates semeados?

Assim que estejam suficientemente grandes para serem manuseados, transfira os rebentos para vasos individuais. Quando as plantas crescerem o suficiente, mude-os para sacos de crescimento, vasos grandes ou bordaduras de estufas.

A terra precisará de ser mudada, de preferência uma vez por ano, no caso de os tomates serem cultivados directamente numa bordadura.

como plantar tomate-cereja em apartamento

5. Arranje uma forma de suporte

Arranje uma forma de suporte, como cordéis ou canas, para atar os tomates enquanto crescem de forma a servirem de tutores.

6. Remova rebentos laterais

Remova rebentos laterais que eventualmente possam aparecer.

 7. Rega e exposição solar

Mantenha os seus tomates bem regados e alimentados, de dez em dez dias, com um fertilizante líquido rico em bicarbonato de potássio, assim que os frutos começarem a “inchar”. Caso esteja a produzir os seus tomates em estufas de vidro, corte os topos das plantas quando chegarem ao “tecto” do vidro.

Regue com regularidade

Deve regar os tomateiros de dois em dois dias. O solo deve estar sempre húmido mas não encharcado. Caso o solo esteja seco em algum momento, regue-o até deixá-lo húmido outra vez.

Para o cultivo em cordão no exterior, siga o mesmo processo indicado acima, com uma única excepção: as plantas devem ser fortalecidas antes de serem plantadas no exterior, e tal só deve acontecer quando acabarem as geadas.

Devem ser colocadas num local exposto e soalheiro, com um solo fértil.

As formas arbustivas devem ser tratadas da mesma maneira, com a ressalva de que não necessitam que lhes remova os rebentos laterais.

 

8. Colheita

Colha os tomates à medida que estes forem amadurecendo e tal acontece quando estes começam a ficar vermelhos. Nesta fase, devem ser colhidos com um pequeno pé, bastando para isso um pequena “torcida” no caule.

No fim da estação, desenterre as plantas que sobraram e pendure-as de cabeça para baixo num local protegido, para que acabem de amadurecer.

9. Armazenamento e conservação

O tomate sabe melhor quando acabado de colher, embora possa aguentar-se alguns dias.

Pode optar por congela-lo, mas neste caso, só serve para pratos cozinhados porque perde a firmeza tão apreciada.

10. Pragas e doenças

O tomate-cereja pode ser atacado por uma série de pragas e doenças.

Felizmente, na maior parte dos casos, estas não atingem uma gravidade suficiente para que o agricultor desista do seu cultivo.

As principais pragas do tomate-cereja:

  • afídios;
  • pulgão-branco;
  • ácaro-da-aranha-vermelha;

As principais doenças do tomate-cereja:

  • míldio;
  • oídio;
  • entre outras;

Muitos destes problemas acima referidos, podem ser evitados se houver uma boa ventilação. Os frutos “estalados” são frequentemente originados pela rega irregular.

Nota: Os tomates-cereja têm crescimento indeterminado, ou seja,  significa que continuará a crescer indefinidamente. Por isso, evite plantá-los num vaso pendurado, uma vez que a planta pode ultrapassar o tamanho deste  rapidamente.

E então? Gostou deste artigo? Quero saber quais as suas experiências com esta cultura!

Nota: Este artigo foi adaptado do Manual Prático de Horticultura de Richard Bird.

omo plantar tomate-cereja passo a passo

Subscreva o meu Canal do Youtube aqui.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Quercus disponibiliza guias práticos de ervas e frutos silvestres com desconto

A Quercus — Associação Nacional de Conservação da Natureza disponibilizou no portal NaturFun um conjunto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.