Início / Featured / Chef Diogo Rocha ganha primeira Estrela Michelin para a Quinta de Lemos

Chef Diogo Rocha ganha primeira Estrela Michelin para a Quinta de Lemos

A noite foi de festa para o chef Diogo Rocha, que ganhou ontem a sua primeira estrela Michelin para o Mesa de Lemos, o restaurante na Quinta de Lemos, em Viseu. A aguardada distinção – que nos últimos anos era aposta regular nos vaticínios pré-gala Michelin – é uma homenagem à cuidada proposta gastronómica de Diogo Rocha, muito assente na qualidade dos produtos regionais e na representação de Portugal à mesa do Mesa de Lemos.

Muito mais do que uma vitória individual, esta Estrela Michelin é também do Dão, de Viseu (região de que Diogo Rocha é embaixador, e que muito tem feito para divulgar) – e do País.

“Estou obviamente muito feliz com esta distinção. É algo para o qual trabalhei bastante, e que me enche de orgulho”, confidencia Diogo Rocha. “Tenho um agradecimento muito especial a fazer ao Celso de Lemos, proprietário do Grupo Celso de Lemos, que teve na sua origem a Habidecor – juntando a Abyss, Quinta de Lemos e mais tarde o Mesa de Lemos -, homem de visão que acreditou em mim desde a primeira hora e que foi providencial neste objectivo de colocar Viseu no mapa gastronómico do País”.

Aberto ao público desde 2014

Desde Abril de 2014, altura em que o Mesa de Lemos abriu ao público, Diogo Rocha preocupou-se sempre em mostrar os melhores ingredientes das várias regiões de Portugal – dos Açores ao Dão, do Algarve a Sesimbra -, proporcionando ao comensal uma viagem pelos sabores mais genuínos.

“Celso de Lemos sempre me disse que se eu conseguisse servir uma batata, um ovo com um fio de azeite e isso soubesse a céu, o meu objectivo estaria cumprido e essa seria a prova que o cruzamento entre as nossas ideias seria perfeito”, acrescenta. “Sinto que consegui”.

Além de muita criatividade, muita qualidade e muito respeito pelos produtos, há elementos constantes à mesa do Mesa de Lemos: os vinhos da Quinta de Lemos, o azeite Quinta de Lemos e a sua horta, e os atoalhados da Abyss & Habidecor, a empresa têxtil de luxo que tornou a existência da Quinta de Lemos possível.

Vinhas à janela

Na verdade, há outras duas constantes, igualmente importantes: a envolvente do Mesa de Lemos – as vinhas que se avistam dos largos janelões do restaurante e as pedras graníticas que integram a estrutura do restaurante; e as linhas do Edifício de Lemos, desenhado pelo arquitecto Carvalho de Araújo e nomeado, em 2014, para a “short list” dos prémios internacionais do ArchDaily, um dos mais prestigiados sites de arquitectura do Mundo.

As grandes vidraças que acompanham as linhas rectilíneas do Edifício de Lemos e inundam de luz o espaço são um reflexo fiel do que ali se serve: sofisticação, qualidade, beleza.

Prémios

O restaurante Mesa de Lemos conquistou vários prémios desde que abriu. Venceu o prémio Revelação do Ano na edição de 2015 dos prémios do Guia Boa Cama Boa Mesa do Expresso, na categoria Boa Mesa, e, em 2016, 2017, 2018 e 2019, foi distinguido com o prémio Garfo de Ouro pelo mesmo guia. Em Fevereiro de 2017, o Mesa de Lemos foi considerado ainda o Restaurante do Ano pela Revista de Vinhos. Em 2019, finalmente, conquista a sua primeira Estrela do Guia Michelin.

O Chef Diogo Rocha

Diogo Rocha começou a trabalhar na área da cozinha profissional cedo. Estudou no Curso de Cozinha e Pastelaria de Coimbra, licenciou-se em Produção Alimentar e Restauração e tornou-se mestre em Sustentabilidade de Turismo na ESHT do Estoril, tendo-se especializado em produtos da Serra da Estrela.

Passou por projectos como Encontrus (catering), restaurante Terreiro do Paço, Villa Joya e Valle Flor, como estagiário.

Em 2008, entrou para o Dão Sul, onde assume a chefia executiva de todo o grupo com três espaços de restauração: Quinta de Cabriz, Quinta do Encontro e Paço dos Cunhas de Santar.

Desde 2009 faz parte do corpo docente da Escola Superior de Turismo de Seia, onde lecciona a cadeira de Gastronomia.

Em Julho de 2013, entra no universo do grupo de Celso de Lemos, vindo a abrir o Mesa de Lemos como Chef executivo em Abril do ano seguinte. A natureza e a preservação do estado mais puro dos produtos são as premissas que garantem a alta qualidade dos produtos, na linha daquilo em que o chef acredita.

Muitos dos ingredientes utilizados no restaurante Mesa de Lemos são produzidos na propriedade e todo o conceito apela à selecção de produtos de elevada qualidade.

Embaixador da marca de bacalhau Lugrade

Em 2015, Diogo Rocha assumiu o papel de embaixador da marca de bacalhau Lugrade. No final do mesmo ano lança um lote de bacalhau com uma cura superior a nove meses, proveniente da Islândia e recentemente lança um novo lote de cachaços de bacalhau demolhados sem espinhas com a mesma origem e processo de cura.

Em Dezembro de 2016, publica o primeiro livro, “Hoje Diogo Rocha”, em que demonstra o carinho pela sua região e o amor que tem aos produtos portugueses. Assumiu ainda a coragem de editar o livro em inglês – “Today Diogo Rocha”. Este foi premiado com o primeiro “1º Prémio Fotografia” para livros sobre gastronomia no concurso organizado pela Portugal CookBook Fair.

Queijos

Em Novembro de 2019 publica o seu segundo livro “Queijaria do Chef” que a acrescentar às características, método de produção, sugestões de petisco e harmonização com vinho, possui mais de 50 receitas de como usar os melhores queijos portugueses. Um guia para descobrir os segredos dos nossos melhores queijos e aventurar-se a comê-los de outras formas que não só a simples fatia. Arrisca novamente na edição do livro em inglês – “Chef´s Dairy”.

A partir de 2017, é nomeado embaixador oficial de Viseu, pertencendo-lhe a promoção e apoio na área da gastronomia da cidade e região com presenças na FITUR, BTL e outros eventos, como o “Viseu Estrela à Mesa”, em que assume o papel de curador. Continua envolvido em diversos projectos na região do Dão e a nível nacional.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Governo dos Açores promove formação a colaboradores do projecto Life Vidalia

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, através da Direcção Regional do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.