Início / Agenda / CEBAL organiza seminário sobre gestão da água no sector agroalimentar. Inscrições gratuitas

CEBAL organiza seminário sobre gestão da água no sector agroalimentar. Inscrições gratuitas

O CEBAL — Centro de Biotecnologia Agrícola e AgroAlimentar do Alentejo (CEBAL) está a promover o Seminário “Tecnologia de Membranas: A Realidade da Gestão da Águra no Sector Agroalimentar – O Valor da Mudança”, a realizar-se no próximo dia 5 de Dezembro 2017, pelas 10 horas, no Auditório do Nerbe/Aebal – Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral, em Beja.

O evento ocorre no âmbito do projecto de transferência de tecnologia do Centro, o TeCMeM – TeCnologia de Membranas em Movimento, e com o forte apoio e colaboração da Administração da Região Hidrográfica do Alentejo da Agência Portuguesa do Ambiente (ARH Alentejo, APA).

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias (aqui) ou pelo e-mail tecmem@cebal.pt até ao dia 30 de Novembro de 2017.

O Seminário será “palco de uma frutuosa discussão das problemáticas da gestão da água no sector agro-alimentar, nomeadamente nas águas residuais, num confronto de realidades e perspectivas entre produtores e entidades gestoras”, salienta a organização do Seminário.

Adicionalmente, serão apresentadas estratégias e soluções científicas com tecnologias inovadoras para uma mudança sustentável e valorosa das actuais práticas e políticas ambientais.

Com a presença de agentes económicos das fileiras do queijo, vinho e azeite, entidades gestoras e comunidade científica nacional, este evento junta a indústria, a gestão política, e a ciência e tecnologia para promover um “novo paradigma na gestão da água, criando mais valor económico e ambiental”, acrescenta a mesma fonte.

O programa estará brevemente disponível, diz a organização.

O CEBAL

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) é uma unidade de investigação e desenvolvimento privada, sem fins lucrativos, sediada na cidade de Beja. O Centro desenvolve a sua actividade em estreita ligação com o tecido económico local, levando em consideração as características e o potencial da região em que se insere.

A agricultura no Baixo Alentejo, nas suas várias vertentes, contribui com 14% para o PIB Nacional e nesse sentido, a actividade do CEBAL está estruturada de forma a desenvolver investigação prioritariamente aplicada, procurando identificar questões com impacto potencial para a economia da região e propor soluções biotecnológicas que permitam a resolução de problemas, a optimização da produção ou a certificação de produtos.

A actividade do centro está, também, direccionada para identificação e o desenvolvimento de novas oportunidades que possam ser aplicáveis à região nomeadamente nas áreas da produção vegetal, na produção animal, no processamento e melhoria dos produtos agrícolas e alimentares, na implementação de processos que permitam a obtenção de valor acrescentado a partir de sub-produtos e resíduos e na pesquisa de formas de valorização de matérias-primas tradicionais.

O CEBAL conta com a colaboração de 11 investigadores doutorados. Com idades compreendidas entre os 28 e os 40 anos, formam uma equipa pluridisciplinar que cobre os domínios das Ciências da Saúde, Engenharia Alimentar, Engenharia Química, Biologia e Bioquímica. No global, têm mais de 50 artigos publicados em revistas científicas internacionais incluídas no SCI, cerca de um centena de comunicações a congressos técnico-científicos e duas patentes, uma nacional e outra internacional.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Hidro Ibérica lança novo site para facilitar proximidade com cliente nacional e internacional

A Hidro Ibérica – Estudo e Montagem de Regas, com foco principal “na melhoria contínua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.