Agricultura – AGRICULTURA E MAR ACTUAL http://agriculturaemar.com Portal do mundo rural e da economia do mar Fri, 18 Oct 2019 13:00:32 +0000 pt-PT hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.2.4 Capoulas Santos aprova os dois últimos projectos de regadio do seu mandato http://agriculturaemar.com/capoulas-santos-aprova-os-dois-ultimos-projectos-de-regadio-do-seu-mandato/ http://agriculturaemar.com/capoulas-santos-aprova-os-dois-ultimos-projectos-de-regadio-do-seu-mandato/#respond Fri, 18 Oct 2019 13:00:32 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44889 O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, aprovou hoje, 18 de Outubro, dois novos projectos de regadio integrados do Programa Nacional de Regadios (PNRegadios). Trata-se do Circuito Hidráulico de Viana do Alentejo, e do respectivo Bloco de Rega, e da Ligação ao Sistema de Adução a Morgavel e à Albufeira de …

O post Capoulas Santos aprova os dois últimos projectos de regadio do seu mandato aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, aprovou hoje, 18 de Outubro, dois novos projectos de regadio integrados do Programa Nacional de Regadios (PNRegadios).

Trata-se do Circuito Hidráulico de Viana do Alentejo, e do respectivo Bloco de Rega, e da Ligação ao Sistema de Adução a Morgavel e à Albufeira de Fonte Serne.

Apoio público de cerca de 30 milhões de euros

A estes projectos corresponde um apoio público de cerca de 30 milhões de euros. Trata-se de projectos aprovados no âmbito da segunda fase do PNRegadios, financiada pelo Estado através dos empréstimos negociados com o Banco Europeu de Investimento (BEI) e com o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB).

Estes dois projectos vão beneficiar os concelhos de Santiago do Cacém e Viana do Alentejo, numa área total de 5.327 hectares, que passa a integrar o Perímetro de Alqueva, contribuindo para o seu alargamento dos actuais 120 mil para 170 mil hectares.

“Trata-se de uma importante componente do PNRegadios, cuja primeira fase está já em execução, e que visa a mitigação dos efeitos das alterações climáticas sobre a agricultura, dotando o país de mais reservas de água e de melhores e mais eficientes sistemas de aproveitamento”, salienta o Gabinete de Capoulas Santos.

Outro dos objectivos deste Programa é o aumento da produtividade e da competitividade da agricultura nacional, contribuindo para o aumento das exportações e para a substituição de importações por produção nacional.

Primeira parte do PNRegadios concluída até 2023

Até 2023 deverá estar concluída primeira parte do PNRegadios, com a criação de 100 mil novos hectares de regadio, a que corresponde um investimento público de 560 milhões de euros e a criação de mais de 10 mil novos postos de trabalho permanentes.

A aprovação dos projectos do Circuito Hidráulico de Viana do Alentejo, e do respectivo Bloco de Rega, e da Ligação ao Sistema de Adução a Morgavel e à Albufeira de Fonte Serne constituem a última intervenção de Luís Capoulas Santos no âmbito do PNRegadios enquanto ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

Agricultura e Mar Actual

O post Capoulas Santos aprova os dois últimos projectos de regadio do seu mandato aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/capoulas-santos-aprova-os-dois-ultimos-projectos-de-regadio-do-seu-mandato/feed/ 0
APS lança livro sobre “Alerta Máximo” para a questão dos incêndios e a problemática das alterações climáticas http://agriculturaemar.com/aps-lanca-livro-sobre-alerta-maximo-para-a-questao-dos-incendios-e-a-problematica-das-alteracoes-climaticas/ http://agriculturaemar.com/aps-lanca-livro-sobre-alerta-maximo-para-a-questao-dos-incendios-e-a-problematica-das-alteracoes-climaticas/#respond Fri, 18 Oct 2019 12:00:08 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44884 “Alerta Máximo” é o título do novo livro da colecção Seguros e Cidadania, lançado pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS), no âmbito do seu programa de educação financeira para os seguros dirigido a crianças e jovens, com objectivo dar a conhecer a importância dos seguros no nosso dia-a-dia. O novo livro desenvolve um enredo através …

O post APS lança livro sobre “Alerta Máximo” para a questão dos incêndios e a problemática das alterações climáticas aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
“Alerta Máximo” é o título do novo livro da colecção Seguros e Cidadania, lançado pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS), no âmbito do seu programa de educação financeira para os seguros dirigido a crianças e jovens, com objectivo dar a conhecer a importância dos seguros no nosso dia-a-dia.

O novo livro desenvolve um enredo através do qual, de forma lúdica, se pretende alertar para os perigos associados ao aumento da temperatura global. Enquadrada nas mudanças climáticas, esta problemática, além de actual, assume particular relevância a nível nacional, tendo em conta os impactos dos grandes incêndios ocorridos nos anos recentes.

Narrativa no interior do País

Não é por acaso que a narrativa se centra numa localidade no interior no País, próxima do Porto, onde o protagonista Gonçalo Gama, um aluno no 12.º ano, vive com a mãe Maria Laura e o pai Fausto Gama, dono de uma serralharia local.

No decorrer da história, outras personagens ganham vida, como as colegas de escola, Vanda (ex-namorada), Marina (colega do 10.º ano) e a professora de teatro, Lira Lima. Na trama entram ainda Eloísa e Carlos Vicente (pais de Vanda) e José Moura (Pai de Marina), com as suas perspectivas pessoais em relação ao aquecimento global e, em particular, em relação aos riscos de incêndios. Cabe ainda um papel na história a Fernando Soutinho, o mediador de seguros da residência dos Vicente e da serralharia dos Gama.

Prevenção

“Com o objectivo de chamar a atenção destes temas junto do seu público-alvo, o livro apresenta ainda, de forma acessível, diversas informações de prevenção e de contacto e dá a conhecer as soluções de protecção que o sector segurador oferece, para fazer face a este tipo de risco”, afirma fonte da APS.

A linha criativa de “Alerta Máximo” torna a obra pertinente e actual na medida em que, apesar dos constantes alertas da comunidade científica, os mais jovens têm sido importantes vozes activas quanto à urgência de implementação de medidas concretas para travar o aumento da temperatura global.

O livro, apresentado pelas autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, durante uma sessão no Agrupamento de Escolas Francisco Arruda, contou ainda com intervenções do secretário de Estado da Educação, João Costa, da Professora Catedrática da Universidade de Coimbra, Helena Freitas – especialista em alterações climáticas – e de Fernanda Rollo, Professora da NOVA FCSH e Coordenadora do programa Memória do Seguro – História, Memória e Património dos Seguros e das Seguradoras em Portugal.

Entre outros livros da colecção “Seguros e Cidadania” encontram-se: “O Risco Espreita, Mais Vale Jogar pelo Seguro”; “Catástrofes e Grandes Desastres”; “Um perito em busca da verdade”, “Encontro Acidental” e “Armadilha Digital”.

Agricultura e Mar Actual

O post APS lança livro sobre “Alerta Máximo” para a questão dos incêndios e a problemática das alterações climáticas aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/aps-lanca-livro-sobre-alerta-maximo-para-a-questao-dos-incendios-e-a-problematica-das-alteracoes-climaticas/feed/ 0
Academia do Vinho Verde tem curso sobre negociações e venda. Parceria com a Porto Business School http://agriculturaemar.com/academia-do-vinho-verde-tem-curso-sobre-negociacoes-e-venda-parceria-com-a-porto-business-school/ http://agriculturaemar.com/academia-do-vinho-verde-tem-curso-sobre-negociacoes-e-venda-parceria-com-a-porto-business-school/#respond Fri, 18 Oct 2019 10:00:45 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44887 A Academia do Vinho Verde vai realizar um curso dedicado às “Negociações e Venda”, de 14 a 15 de Novembro, na Casa do Vinho Verde, no Porto. Este curso resulta de uma parceria com a Porto Business School. O programa Negociação e Venda procura dar resposta às seguintes questões: Como nos preparamos para o processo …

O post Academia do Vinho Verde tem curso sobre negociações e venda. Parceria com a Porto Business School aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
A Academia do Vinho Verde vai realizar um curso dedicado às “Negociações e Venda”, de 14 a 15 de Novembro, na Casa do Vinho Verde, no Porto. Este curso resulta de uma parceria com a Porto Business School.

O programa Negociação e Venda procura dar resposta às seguintes questões: Como nos preparamos para o processo negocial? Qual o nosso poder de influência e como lidamos com as emoções e com o impasse? Como melhorar o processo de comunicação na negociação?

Mas também para saber quais as competências que nos permitem potenciar a confiança e maximizar acordos mutuamente vantajosos.

Objectivos

Este programa visa dotar os participantes de ferramentas que lhes permitam agilizar a preparação, a condução e o fecho da negociação. A organização do curso pretende treinar as competências de negociação, enquanto competências transversais e fundamentais de uma equipa comercial.

Destinatários

O curso destina-se a operadores económicos e possíveis interessados e tem a coordenação de Rita Trindade.

Mais informações e inscrições aqui.

A Academia do Vinho Verde promove a aquisição e a disseminação do conhecimento em várias áreas relevantes para a Região dos Vinhos Verdes, articulando e agregando os diferentes intervenientes envolvidos nas acções de formação, garantindo uma qualificação adequada aos diferentes actores regionais.

Agricultura e Mar Actual

O post Academia do Vinho Verde tem curso sobre negociações e venda. Parceria com a Porto Business School aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/academia-do-vinho-verde-tem-curso-sobre-negociacoes-e-venda-parceria-com-a-porto-business-school/feed/ 0
Viana do Castelo actualiza Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios http://agriculturaemar.com/viana-do-castelo-actualiza-plano-municipal-de-defesa-da-floresta-contra-incendios/ http://agriculturaemar.com/viana-do-castelo-actualiza-plano-municipal-de-defesa-da-floresta-contra-incendios/#respond Fri, 18 Oct 2019 09:05:50 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44881 A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, por unanimidade, em reunião ordinária de executivo, o novo Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), a vigorar ao longo da próxima década. O Plano é um instrumento operacional de planeamento, programação, organização e execução de um conjunto de acções de prevenção que visa concretizar …

O post Viana do Castelo actualiza Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, por unanimidade, em reunião ordinária de executivo, o novo Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), a vigorar ao longo da próxima década.

O Plano é um instrumento operacional de planeamento, programação, organização e execução de um conjunto de acções de prevenção que visa concretizar os objectivos estratégicos de diminuição do impacto dos incêndios florestais, procurando defender melhor a floresta, a vida das pessoas e dos seus bens.

Tendo em conta o crescente abandono das actividades agrícolas e florestais e a ausência de implementação de medidas adequadas de ordenamento e gestão dos espaços florestais, o Município entende ser fundamental conjugar esforços para inverter esta conjuntura.

O Plano Municipal

O Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios foi elaborado e aprovado pela primeira vez em 2006, tendo sido revisto em 2008, encontrando-se em vigor até Maio de 2019.

“O novo plano que agora se apresenta visa dar cumprimento ao estipulado na legislação e procura corresponder à evolução entretanto verificada na floresta e às exigências da estratégia de prevenção de incêndios florestais de níveis nacional, distrital e local”, diz um comunicado da autarquia.

O processo de elaboração do PMDFCI teve por base as características específicas do território do concelho no que respeita à sua natureza florestal e rural, urbana e periurbana. Tem como objectivos estratégicos aumentar a resiliência do território aos incêndios florestais, reduzir a incidência dos incêndios, melhorar a eficiência e a eficácia do ataque e da gestão dos incêndios, recuperar e reabilitar os ecossistemas e as comunidades e adoptar uma estrutura orgânica, funcional e eficaz.

Diminuição do número de incêndios

O objectivo geral é a diminuição do número de incêndios e da área ardida, através da execução de diversas acções preconizadas no plano de acção e através de uma melhor eficiência e eficácia na coordenação e actuação de todos os agentes envolvidos.

Para a elaboração do documento foram consultadas diversas entidades, designadamente Juntas de Freguesia, Conselhos Directivos de Baldios, Corporações de Bombeiros, Guarda Nacional Republicana, Polícia de Segurança Pública, Escola Prática dos Serviços do Exército, Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, associações florestais, empresas de celulose, Rede Elétrica Nacional, Infraestruturas de Portugal e Energias de Portugal.

De acordo com a proposta apresentada pelo autarca José Maria Costa, no concelho de Viana do Castelo desde há cerca de três décadas que se reflecte na floresta uma “conjuntura negativa de factores que proporcionam uma maior susceptibilidade e vulnerabilidade aos incêndios, com tendências de agravamento”.

Recorde-se que, em 2005, o concelho vianense registou uma das piores tragédias no que toca ao número de ocorrências de incêndios florestais, no que diz respeito à área ardida e risco de pessoas e bens. Apesar dos inúmeros esforços de prevenção, em 2010, 2013 e 2016 registaram-se novos incêndios que atingiram grandes proporções, tendo um deles afectado grande parte da Serra de Perre e outro a Serra de Arga, tendo ambos colocado em risco várias populações.

Agricultura e Mar Actual

O post Viana do Castelo actualiza Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/viana-do-castelo-actualiza-plano-municipal-de-defesa-da-floresta-contra-incendios/feed/ 0
França: 27.º Festival Internacional Oenovideo junta vinhos e cinema em Cognac http://agriculturaemar.com/franca-27-o-festival-internacional-oenovideo-junta-vinhos-e-cinema-em-cognac/ http://agriculturaemar.com/franca-27-o-festival-internacional-oenovideo-junta-vinhos-e-cinema-em-cognac/#respond Fri, 18 Oct 2019 06:44:57 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44860 O 27.º Festival Internacional Oenovideo vai realizar-se de 28 a 31 de Maio de 2020, em Cognac, França. O encontro vai reunir filmes e fotografias do Mundo inteiro sobre a vinha e o vinho. A região de Cognac, conhecida pelo brandy com o seu próprio nome, é um destino enoturístico em expansão que abrange três …

O post França: 27.º Festival Internacional Oenovideo junta vinhos e cinema em Cognac aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
O 27.º Festival Internacional Oenovideo vai realizar-se de 28 a 31 de Maio de 2020, em Cognac, França. O encontro vai reunir filmes e fotografias do Mundo inteiro sobre a vinha e o vinho.

A região de Cognac, conhecida pelo brandy com o seu próprio nome, é um destino enoturístico em expansão que abrange três denominações vinícolas: Cognac, Pineau des Charentes e Vins Charentais.

Relembre-se que a 26.ª cerimónia oficial de entrega dos Prémios do Festival Internacional Oenovideo reuniu no Palácio do Luxemburgo, em Paris, de 13 a 16 de Junho, em Marselha, produtores, realizadores e fotógrafos de todo o Mundo, para receberem os troféus dos melhores filmes e fotografias sobre a vinha e o vinho.

Premiados de 2019

A presidente do Grande Júri, Catherine Lamour, apresentou os troféus dos 14 melhores filmes de 2019 seleccionados entre 144 filmes de 17 países em competição. A lista de prémios de 2019 confirmou o carácter internacional do Festival que premiou concorrentes da África do Sul, Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Hungria e Geórgia.

© M.Thomas | S.Maduranga | Oenovideo

Pode ver a lista completa dos premiados de 2019 aqui.

Cognac, 2020

Localizada no coração de um território vitícola de 70.000 habitantes, Cognac é o berço de François I e de Jean Monnet. Classificada como uma cidade de arte e história e mundialmente famosa graças à bebida espirituosa a que o deu nome, Cognac é a sede das associações produtoras de vinho de três denominações: Cognac, Pineau des Charentes e Charentais.

Destino turístico em pleno desenvolvimento em torno do enoturismo, conta com o Rio Charente que atravessa uma região de vinha de quase 80.000 hectares. A cidade de Cognac é emblemática da excelência da gastronomia francesa, que será homenageada no 27.º Festival Oenovideo.

Para o presidente da Câmara de Cognac, Michel Gourinchas, “a vinda do Festival Oenovideo será um reforço para destacar a nossa cidade, a sua rica herança e qualidade de vida. A nossa forte cooperação internacional, especialmente construída à volta do tema do vinho e das bebidas espirituosas”.

“Apoiar a intenção de Cognac de contar com o Festival Oenovideo era óbvio para nós. Ele homenageará uma vinha muitas vezes desconhecida em França, o know-how exclusivo dos profissionais desta terra para criar produtos excepcionais e a acção do Grand Cognac para torná-lo um destino turístico reconhecido”, afirmou Jerome Sourisseau, presidente da Comunidade da Aglomeração do Grande Cognac.

Agricultura e Mar Actual

O post França: 27.º Festival Internacional Oenovideo junta vinhos e cinema em Cognac aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/franca-27-o-festival-internacional-oenovideo-junta-vinhos-e-cinema-em-cognac/feed/ 0
Como semear nabos e nabiças: dicas úteis para para iniciantes http://agriculturaemar.com/como-semear-nabos-e-nabicas-dicas-uteis-para-para-iniciantes/ http://agriculturaemar.com/como-semear-nabos-e-nabicas-dicas-uteis-para-para-iniciantes/#respond Thu, 17 Oct 2019 19:00:28 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44854 Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola Agora que o tempo frio veio para ficar, chegou a altura de semear nabos e nabiças. Se é iniciante e não sabe como proceder para realizar a sementeira, este artigo pode ter vindo mesmo a calhar. Este tipo de plantas herbáceas  caracterizam-se …

O post Como semear nabos e nabiças: dicas úteis para para iniciantes aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

Agora que o tempo frio veio para ficar, chegou a altura de semear nabos e nabiças. Se é iniciante e não sabe como proceder para realizar a sementeira, este artigo pode ter vindo mesmo a calhar.

Este tipo de plantas herbáceas  caracterizam-se por terem saber ligeiramente amargo, podendo ser muito bem concluídas numa alimentação saudável devido às baixas calorias e alto teor em antioxidantes.

semear nabos e nabiças

Quando semear nabos e nabiças?

Se quer semear nabos e nabiças deve ter em consideração que o período ideal para o fazer estende-se sensivelmente de Setembro até ao final de Novembro ( no hemisfério Norte). Por serem culturas bastante semelhantes entre si e de fácil sementeira e manutenção não exigem cuidados muito exigentes.

Aproveite as baixas temperaturas que se avizinham e a humidade elevada para semear nabos e nabiças. Já falei num artigo anterior da influência da Lua na agricultura e por isso deve semear nabos e nabiças quando a Lua estiver em Quarto Minguante.

semear nabos e nabiças

Sementeira: quais os materiais que vou precisar?

Para fazer esta sementeira precisará dos seguintes utensílios: enxada, sementes de nabo ou nabiça, calcário, fertilizante orgânico, regador e balde.

Procedimento a adoptar

O primeiro passo a adoptar é a mobilização do solo de forma a que fico solto e leve para depois receber as sementes. Depois do solo mobilizado espalhe calcário para equilibrar o pH da terra e evitar problemas com pragas e doenças. Seguidamente, espalhe o fertilizante no terreno que pode ser estrume de galinha por exemplo e volte revirar o terreno de forma a que todo o solo receba o fertilizante.  Aplane a superfície mobilizada depois desta etapa de forma a tornar a superfície regular.

Depois do solo estar pronto a receber as sementes, chegou o momento de semear. Para isso, misture as sementes num balde com terra e depois faça a sementeira a lanço. Tente espalhar homogeneamente as sementes pelo terreno para garantir uma maior produção.  Depois de lançar as sementes ao coloque um pouco de terra por cima destas ( camada de 1/2 cm) de forma a que fiquem cobertas.

Depois da sementeira feita,  pegue num regador e faça uma boa rega no terreno semeado (este passo é fundamental). Numa fase inicial após a sementeira é fundamental regar frequentemente a terra de forma a manter a solo húmido, por isso regue 1 vez por dia.

semear nabos e nabiças

Colheita

Este tipo de plantas quando arrancadas no solo ainda jovens/tenras que podem ser consumidas inteiras e/ou em folhas individuais ou até grelos. Normalmente, cerca de 75 a 80 dias após a sementeira  pode começar por colher as folhas maiores.

Todas as plantas que deixarmos no terreno e não forem colhidas após este período vão começar a “formar cabeça”. Porém, devemos estar atentos  quanto ao momento da colheita evitando  colher estas plantas quando estas já tiverem bastante rijas.  Sendo a “cabeça” uma raiz, se a colheita for feita tardiamente as plantas ficarão com um paladar desagradável.

Deve ter em atenção que existem algumas variedades de nabos  que não desenvolvem “cabeça”. A tonalidade das cabeças do nabo podem ser brancas ou roxas e podem ter vários formatos e texturas.

Nota: os nabos que não produzem cabeça(temporão e greleiro), podem ser consumidos em rama e originar mais tardes os famosos grelos.

Agricultura e Mar Actual

O post Como semear nabos e nabiças: dicas úteis para para iniciantes aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/como-semear-nabos-e-nabicas-dicas-uteis-para-para-iniciantes/feed/ 0
Vinhos biológicos, enoturismo e queijos em destaque de 25 a 28 de Outubro em Lisboa http://agriculturaemar.com/vinhos-biologicos-enoturismo-e-queijos-em-destaque-de-25-a-28-de-outubro-em-lisboa/ http://agriculturaemar.com/vinhos-biologicos-enoturismo-e-queijos-em-destaque-de-25-a-28-de-outubro-em-lisboa/#respond Thu, 17 Oct 2019 16:30:57 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44848 O ‘Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2019’ (GEVS) está à porta, com data marcada para os dias 25, 26, 27 e 28 de Outubro, e palco no Pavilhão 1 da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa. Mais de 3.000 vinhos em prova livre, por €15,00 (bilhete dia) ou €20,00 (passe 3 dias). A edição …

O post Vinhos biológicos, enoturismo e queijos em destaque de 25 a 28 de Outubro em Lisboa aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
O ‘Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2019’ (GEVS) está à porta, com data marcada para os dias 25, 26, 27 e 28 de Outubro, e palco no Pavilhão 1 da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa. Mais de 3.000 vinhos em prova livre, por €15,00 (bilhete dia) ou €20,00 (passe 3 dias).

A edição deste ano reserva parte dos 7.000 m2 a dois espaços diferenciadores: o ‘Organic’, dedicado aos vinhos e produtos Bio(lógicos), e ‘A Grande Tábua de Queijos’, onde estarão representadas algumas das melhores queijarias artesanais portuguesas. São estas as estreias do maior evento vínico em Portugal, mas há destaque também para o Enoturismo – a dar cartas em território nacional –, que volta a ter um espaço próprio, desta feita com maior visibilidade e na zona central do evento.

12 produtores biológicos

O espaço ‘Organic’ integra doze produtores e mais de meia centena só de vinhos portugueses provenientes de várias regiões vitivinícolas. São eles: A&D Wines, Casca Wines, Casa de Mouraz, Ervideira, Herdade dos Lagos, Herdade dos Outeiros Altos – Organic Wines, Quinta da Caldeirinha, Quinta de Sant’Ana, Quinta de Sobreiró de Cima, Rui Reboredo Madeira Vinhos, Vinalda Bio e Limontejo. Os outros produtos biológicos são representados pela Green Bags, a Portugal In a Bag e a Sabor Rio.

A Grande Tábua de Queijos

Para o desafio denominado de ‘A Grande Tábua de Queijos’, a organização do GEVS convidou oito queijarias artesanais portuguesas, que vão promover a degustação de cerca de três dezenas de queijos, nas versões cabra, ovelha e vaca.

Assim, por um valor de €5,00, o visitante adquire um prato especial, que pode (pre)encher com amostras de todos os queijos artesanais da Almocreva, da Beiralacte, da Brejo da Gaia – Queijaria Artesanal Gourmet, do Caprino de Odemira, da Queijeira da Soalheira, do Monte do Ganhão, do Queijo da Serra da Estrela DOP e da Quinta da Veiguinha – Terrincho DOP. Depois é harmonizá-los com uma lista de vinhos seleccionados.

7.000 m2 de vinhos, sabores… e acessórios

Numa área de evento que move apreciadores, enófilos e profissionais do sector em 7.000 m2, a Grandes Escolhas reúne 400 produtores, entre vinhos, sabores e acessórios, e mais de 3.000 néctares em prova livre, por €15,00 (bilhete dia) ou €20,00 (passe 3 dias).

É ali que grande parte dos produtores apresenta os seus mais recentes lançamentos no mercado, sobretudo os vinhos de topo de gama, muito procurados pelos consumidores mais exigentes e que marcam as vendas nas festas de final do ano, além de que anunciam tendências para 2020.

Showcooking

Para além dos vinhos, os sabores são também uma presença indispensável desde sempre nesta feira. Por isso, há duas iniciativas que vão marcar a edição deste ano do GEVS e atrair, por certo, a atenção de muitos visitantes: a 2.ª edição do “Par Perfeito”. O concurso, em jeito de showcooking, que tanto êxito alcançou no ano anterior, com chefs e outros tantos sommeliers e enólogos ou produtores a procuram a melhor combinação entre os pratos feitos na hora e os vinhos surpresa colocados à sua disposição. O vencedor resulta da escolha do público que fará a prova das harmonizações.

“A Escolha da Imprensa”: centenas de vinhos a concurso

O que não pode faltar, é o já consagrado Concurso de Vinhos ‘Escolha da Imprensa’. Este ano com um número de inscritos que superou os 370 (mais 10% que na edição anterior), os vinhos foram provados por um painel de quase 60 jurados, reunindo profissionais da imprensa, rádio, televisão, redes sociais especializadas e também dezenas de profissionais ligados às compras e sommeliers.

O objectivo desta grande prova cega é eleger os melhores vinhos do GEVS, informação que será anunciada publicamente na cerimónia de atribuição dos prémios, a ter lugar no dia 25, às 19h30, no próprio recinto do evento.

Grandes Escolhas

A Grandes Escolhas é uma publicação especializada no sector vínico e tem na equipa dois nomes fortes no mundo editorial associado à causa de Baco: Luís Ramos Lopes, responsável pela área editorial, e João Geirinhas, que está à frente da área comercial e de negócio. Ambos são, agora, sócios na empresa Reserva Especial – Edições e Eventos.

No painel de críticos e jornalistas de vinhos encontra-se a nata dos entendidos na matéria no âmbito da imprensa portuguesa – João Paulo Martins, João Afonso, Nuno Oliveira Garcia, Valeria Zeferino e Fernando Melo – e os jornalistas residentes António Falcão, Luís Francisco e Mariana Lopes.

Agricultura e Mar Actual

O post Vinhos biológicos, enoturismo e queijos em destaque de 25 a 28 de Outubro em Lisboa aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/vinhos-biologicos-enoturismo-e-queijos-em-destaque-de-25-a-28-de-outubro-em-lisboa/feed/ 0
Estão abertas as inscrições para o Portugal Exportador http://agriculturaemar.com/estao-abertas-as-inscricoes-para-o-portugal-exportador/ http://agriculturaemar.com/estao-abertas-as-inscricoes-para-o-portugal-exportador/#respond Thu, 17 Oct 2019 12:50:29 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44865 As inscrições para as diferentes acções do Portugal Exportador já estão abertas no site oficial do evento (aqui). A 14.ª edição realiza-se dia 27 de Novembro, das 9 às 19 horas, no Centro de Congressos de Lisboa, na Junqueira. Este é o único evento exclusivamente dedicado à exportação em Portugal, dirigido às PME que estão …

O post Estão abertas as inscrições para o Portugal Exportador aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
As inscrições para as diferentes acções do Portugal Exportador já estão abertas no site oficial do evento (aqui). A 14.ª edição realiza-se dia 27 de Novembro, das 9 às 19 horas, no Centro de Congressos de Lisboa, na Junqueira.

Este é o único evento exclusivamente dedicado à exportação em Portugal, dirigido às PME que estão a iniciar o seu processo de internacionalização e procuram parceiros e oportunidades de negócio para iniciarem a exportação dos seus produtos e serviços. Como tal, estão reunidos no Portugal Exportador, algumas das principais empresas de transitários, logística, banca, consultoria, entre outros.

O maior evento de internacionalização realizado em Portugal é organizado pela Fundação AIP, em parceria com o Novo Banco e Aicep Portugal Global, e dirige-se às pequenas e médias empresas (PME) que estão a dar os primeiros passos no processo de internacionalização e que querem explorar e diversificar novos mercados de exportação.

Angola, Espanha, Alemanha

Durante um dia completo, o Portugal Exportador possibilita aos visitantes a participação em reuniões B2B e consultoria, cafés temáticos, contactar com web buyers e workshops. Estes últimos, debatem três mercados diferentes – Angola, Espanha, Alemanha – sectores – agro-alimentar, eCommerce, metalomecânica – e temas distintos mas de importância extrema para as PME que pretendem iniciar o seu processo de internacionalização – Passos para a Exportação, Skills para a Exportação, Acordos UE com países terceiros e Reino Unido: Brexit.

Entre os cafés temáticos, conversas mais informais de debate, os visitantes poderão, por exemplo, conhecer as oportunidades de negócio na Ucrânia, do Panamá, na África do Sul, na Polónia, entre outros, ou cafés temáticos mais específicos e dirigidos, como “Como exportar e investir com financiamento das multilaterais”, pela Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, “Marketplace B2B das empresas exportadoras Portuguesas para compradores internacionais”, pela BuyingPortugal.pt, ou ainda adquirir mais conhecimentos sobre a parte mais logística, através das “Ferramentas e dicas para o controlo das despesas de viagem”, pela Air Europa, mencionando apenas alguns.

Air Europa no Portugal Exportador

Um dos objectivos da aposta da Air Europa no Portugal Exportador foi mesmo essa, segundo o testemunho de Jose Minguez, Country Manager da marca em Portugal: “a Air Europa marcará presença no Portugal Exportador para dar a conhecer o nosso network a nível mundial, e para apresentar as empresas dentro do Holding Globalia, do qual faz parte a Air Europa Cargo”, referiu em entrevista à organização do evento, brevemente disponível no site.

Os visitantes podem ainda agendar reuniões B2B personalizadas de consultoria, com a duração de 15 minutos, com representantes da AICEP, da Argos, da FNWay, da Kopptek, da Mais Incentivo, do Novo Banco e ainda da Rangel.

Reuniões B2B via Skype

Pelo segundo ano consecutivo, haverá a possibilidade de os visitantes agendarem reuniões B2B via Skype com web buyers de diferentes países e especialistas em sectores diferentes: por exemplo, no sector agro-alimentar, é possível agendar reunião com buyers do Paquistão, Singapura e México.

Entre os cerca de cem oradores, nacionais e internacionais, que compõem os diferentes painéis, estão Ana Alves, Head of Private Label da Sonae MC, Filipe Simões, co-founder da Frueat, Carla Pereira da DPD, Ricardo José Silva da Rangel, entre outros.

Toda a programação do Portugal Exportador está disponível aqui.

Agricultura e Mar Actual

O post Estão abertas as inscrições para o Portugal Exportador aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/estao-abertas-as-inscricoes-para-o-portugal-exportador/feed/ 0
CNA: Esvaziamento do Ministério da Agricultura é mau sinal para sector agroflorestal http://agriculturaemar.com/cna-esvaziamento-do-ministerio-da-agricultura-e-mau-sinal-para-sector-agroflorestal/ http://agriculturaemar.com/cna-esvaziamento-do-ministerio-da-agricultura-e-mau-sinal-para-sector-agroflorestal/#respond Thu, 17 Oct 2019 11:20:00 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44822 A direcção da CNA — Confederação Nacional da Agricultura diz que o “esvaziamento do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural para outros Ministérios é mau sinal para o sector agroflorestal e para o mundo rural”. E que o novo Ministério da Agricultura “fica espremido ao mínimo”. “Com o 25 de Abril de 1974, abriu-se …

O post CNA: Esvaziamento do Ministério da Agricultura é mau sinal para sector agroflorestal aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
A direcção da CNA — Confederação Nacional da Agricultura diz que o “esvaziamento do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural para outros Ministérios é mau sinal para o sector agroflorestal e para o mundo rural”. E que o novo Ministério da Agricultura “fica espremido ao mínimo”.

“Com o 25 de Abril de 1974, abriu-se a porta à criação de uma estrutura governamental especificamente vocacionada para a agricultura, o Ministério da Agricultura, o que foi concretizado nos últimos Governos Provisórios 1974/1975 a partir dos quais se manteve até hoje juntando Florestas e Desenvolvimento Rural”, salienta um comunicado da CNA.

Para a Confederação Nacional da Agricultura, “tratou-se de uma valorização e dignificação do sector agroflorestal determinante para o mundo rural e de importância crescente para a economia nacional”.

“Um autêntico desmantelamento”

Agora, na composição anunciada para o XXII Governo Constitucional saído das Eleições de 6 de Outubro, “constata-se um enorme esvaziamento em funções e competências – pode considerar-se como um autêntico desmantelamento – da estrutura central mais responsável pelo até agora Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural”, realça o mesmo comunicado.

Assim, o “Desenvolvimento Rural” passa – com a “gestão dos importantes PDR – Programas de Desenvolvimento Rural (investimento no sector)” – para o novo Ministério da Coesão Territorial e as Florestas passam para o Ministério do Ambiente e da Acção Climática.

“Ministério da Agricultura fica espremido ao mínimo”

“Ou seja, o próximo Ministério da Agricultura fica espremido ao mínimo e praticamente reduzido à importância institucional, e prática, de uma discreta Secretaria de Estado”. Assim, é todo o sector agroflorestal que “é desvalorizado e desvalorizadas são também a sua importância económica e social bem como a sua influência positiva e directa sobre o mundo rural”, frisa a direcção da CNA.

Por outro lado, acrescenta o comunicado, “é muito previsível o aumento da carga tecno-burocrática a recair sobre os agricultores e as suas actividades e sobre as organizações agro-rurais”.

Aumento da burocracia

Receia assim a CNA que seja estendida por três Ministérios a “via sacra” do percurso institucional, e seus “complicómetros”, do sector agroflorestal e dos agricultores, “tantos são, agora, os Ministérios da tutela e, isto, sem considerarmos o Ministério das Finanças (com tutela no IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas) e que, pelo menos em termos financeiros, tudo vai controlar”.

Portanto e já no âmbito no XXII Governo que se apresta para tomar posse, a CNA contesta este esvaziamento de funções e competências do até agora Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, e “considera-o mesmo como um mau sinal para o sector agroflorestal nos tempos que se avizinham”.

Agricultura e Mar Actual

O post CNA: Esvaziamento do Ministério da Agricultura é mau sinal para sector agroflorestal aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/cna-esvaziamento-do-ministerio-da-agricultura-e-mau-sinal-para-sector-agroflorestal/feed/ 0
Produção de gin com soro de leite de ovelha representa Portugal na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia http://agriculturaemar.com/producao-de-gin-com-soro-de-leite-de-ovelha-representa-portugal-na-mostra-internacional-de-ciencia-e-tecnologia/ http://agriculturaemar.com/producao-de-gin-com-soro-de-leite-de-ovelha-representa-portugal-na-mostra-internacional-de-ciencia-e-tecnologia/#respond Thu, 17 Oct 2019 11:06:40 +0000 http://agriculturaemar.com/?p=44831 Uma jovem cientista representa Portugal na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia. Rodrigo Carvalho concorre com projecto inovador de produção de gin através do aproveitamento do soro de leite de ovelha resultante da produção de queijo. É já no próximo dia 22 de Outubro que tem início mais uma edição da MOSTRATEC – Mostra Internacional …

O post Produção de gin com soro de leite de ovelha representa Portugal na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
Uma jovem cientista representa Portugal na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia. Rodrigo Carvalho concorre com projecto inovador de produção de gin através do aproveitamento do soro de leite de ovelha resultante da produção de queijo.

É já no próximo dia 22 de Outubro que tem início mais uma edição da MOSTRATEC – Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia que se realiza até dia 25, em Novo Hamburgo, no Brasil. Promovido pela Fundação Liberato, a Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia conta, este ano, com a participação de cerca de 752 projectos do Brasil e de vários países, entre os quais se encontra Portugal.

“BEMBIBER: Requalificação dos Subprodutos das Queijarias”

A representar Portugal estará o Rodrigo Carvalho, jovem português que se destacou na 12.ª Mostra Nacional de Ciência, promovida pela Fundação da Juventude, no passado mês de Maio, no Porto, com o projecto intitulado “BEMBIBER: Requalificação dos Subprodutos das Queijarias”.

Desenvolvido por Rodrigo Carvalho e orientado pela professora Honorata Pereira da EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital “o projecto aproveita o soro de leite de ovelha resultante da produção de queijo e produz gin, manteiga e sal com aroma a queijo”.

Segundo o jovem investigador “o soro de leite de ovelha não tem qualquer valor no mercado, acabando por ser libertado como efluente em cursos de água, provocando a poluição e a contaminação das águas. Todos os subprodutos resultantes da produção do gin foram reaproveitados e transformados em produtos com valor económico, como sejam a manteiga e o sal com aroma a queijo”.

Apoio da Fundação da Juventude

Para Carla Mouro, presidente executiva da Fundação da Juventude, “face ao avanço do conhecimento científico e tecnológico em Portugal, a Fundação da Juventude tem vindo a apostar na promoção de áreas relacionadas com I&D, como forma de promover o empreendedorismo e a transferência de conhecimento. Um investimento que se reflecte no crescente número de jovens que, anualmente, participam no Concurso de Jovens Cientistas com o intuito de serem apurados para a Mostra Nacional de Ciência e alcançarem um lugar nos mais prestigiados certames Internacionais, onde Portugal se tem destacado”.

Mostra Nacional de Ciência: Uma das maiores a nível Europeu

A Mostra Nacional de Ciência, que assinalou este ano a sua 12.ª edição, é já considerada uma das maiores a nível Europeu. É a partir deste encontro de ciência que a própria Fundação da Juventude, enquanto promotora do Concurso de Jovens Cientistas e da Mostra Nacional de Ciência, selecciona os projectos destinados a representar Portugal em competições europeias e internacionais de ciência, como sejam a Final Europeia, a ISEF, a MOSTRATEC – Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia ou a Expo-Sciences International.

Agricultura e Mar Actual

O post Produção de gin com soro de leite de ovelha representa Portugal na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

]]>
http://agriculturaemar.com/producao-de-gin-com-soro-de-leite-de-ovelha-representa-portugal-na-mostra-internacional-de-ciencia-e-tecnologia/feed/ 0