Início / Agricultura / Cereais

Cereais

Área semeada de cereais de Primavera/Verão mantém tendência de decréscimo

A área semeada de culturas de Primavera/Verão registou, em 2017, uma tendência de decréscimo. Tudo por causa dos baixos preços do milho e da falta de água. Segundo a edição de 2017 das “Estatísticas Agrícolas” do do Instituto Nacional de Estatística (INE), as sementeiras e plantações das culturas de Primavera/Verão foram …

Ler mais »

Colheita de cereais praganosos chega às 193,6 mil toneladas, a terceira mais baixa de sempre

A colheita dos cereais praganosos (trigo mole, trigo duro, centeio, cevada, aveia, triticale), em 2017, decorreu com normalidade, verificando-se o decréscimo generalizado da produção, que globalmente alcançou as 193,6 mil toneladas, a terceira mais baixa de sempre, refere o Instituto Nacional de Estatística (INE) na edição de 2017 das “Estatísticas …

Ler mais »

Campanha de comercialização de cereais de Outono-Inverno arranca no Alentejo

A campanha de comercialização de cereais de Outono-Inverno foi dada por iniciada na área de mercado Alentejo, informa os técnicos do SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas. Na região do Alentejo, as áreas semeadas na campanha 2017-2018 diminuíram, em relação à campanha anterior, mas as produtividades e a qualidade …

Ler mais »

Produtores de Cereais: Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais, bem-vinda

Os produtores portugueses de cereais congratulam-se com a aprovação da Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais pelo Governo. E fizeram questão de dar a conhecer o seu sentimento em comunicado conjunto da ANPOC — Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais, ANPROMIS — Associação Nacional dos …

Ler mais »

Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais está aprovada

O Governo aprovou hoje, 11 de Julho, em Conselho de Ministros, a Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais, com objectivo de reduzir a dependência externa e consolidar e aumentar as áreas de produção. Tendo em conta o potencial da produção cerealífera em termos territoriais e as oportunidades …

Ler mais »

Falta de maquinaria na Guiné-Bissau leva a perda de metade da produção de arroz

A Guiné-Bissau perde anualmente mais de 40% da produção de arroz devido à má qualidade das sementes e por falta de equipamentos apropriados para proceder à colheita e sua recolha. Quem o diz é o presidente do Instituto Nacional de Pesquisa Agrária (INPA) daquele país lusófono, Simão Gomes. Este técnico …

Ler mais »