Início / Agricultura / Casa das Talhas, o novo espaço de homenagem ao Vinho de Talha

Casa das Talhas, o novo espaço de homenagem ao Vinho de Talha

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACVCA) inaugura hoje, 25 de Outubro, a Casa das Talhas, o seu novo espaço de enoturismo que pretende dignificar e valorizar as artes associadas à produção de Vinho de Talha.

O evento conta com a presença do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas e do presidente do Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva.

Com um investimento que ultrapassa os 375 mil euros, financiado a 90% pelo Programa Valorizar do Turismo de Portugal, a Casa das Talhas da ACVCA é uma aposta na valorização e dinamização do Vinho de Talha e da sua produção artesanal, que promove o desenvolvimento turístico e económico da região alentejana, numa altura em que se dá passos para um projecto de candidatura desta prática milenar de vinificação a Património Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Centro de Valorização e Dinamização do Vinho de Talha

Na Casa das Talhas – Centro de Valorização e Dinamização do Vinho de Talha, é possível conhecer todo o processo tradicional desta produção artesanal, levado pelos romanos para o Alentejo há dois milénios.

A oferta enoturística da Casa das Talhas inclui visitas guiadas com provas de vinhos à Casa das Talhas, à Adega, às Ruínas de S. Cucufate, ao Convento de Nossa Senhora das Relíquias e às vinhas centenárias dos produtores, que, nas últimas duas colheitas, têm produzido os Vinhos de Talha da ACVCA com castas brancas tradicionais como a Antão Vaz, Roupeiro, Manteúdo, Diagalves, Larião e Perrum.

Workshops vínicos

Provas organoléticas e provas exclusivas de vinhos, workshops vínicos, eventos, actuações de cante alentejano, assim como almoços e jantares sob encomenda, feitos à base de especialidades gastronómicas locais e regionais, são outras das actividades promovidas pela Casa das Talhas.

Com capacidade para 100 pessoas, este novo espaço localizado na ACVCA, apresenta também a opção de aluguer para eventos, desde festas de aniversário a kick-off meetings.

“Pela herança histórica, cultural e o peso económico que a Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito tem nesta região, consideramos que é uma mais valia investir neste projecto de enoturismo, onde damos a conhecer o processo tradicional de produção do Vinho de Talha, e ao mesmo tempo preservamos um tradição que conta com mais de dois mil anos. A Casa das Talhas acrescenta valor à rota de enoturismo do Alentejo e esperamos que contribua para o aumento de número de visitantes na região e alavanque o desenvolvimento económico”, afirma José Miguel Almeida, presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito.

Portas abertas em Novembro

A partir de Novembro, a Casa das Talhas estará de portas abertas, todos os dias da semana, para receber os visitantes que pretendam usufruir de uma experiência de enoturismo diferente, em torno de um saber milenar, de um vinho de origem em vinhas centenárias.

As vistas são efectuadas por marcação prévia e decorrem todos os dias, incluindo feriados, entre as 10 e as 16 horas.

A Adega Cooperativa

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito foi fundada em 1960 e iniciou a sua actividade em 1963, mas a sua cronologia vai muito para além dos seus quase 60 anos de existência.

As suas raízes entrelaçam-se com a história da própria vila, e com Vasco da Gama – o Conde de Vidigueira, a quem D. Jaime, Duque de Bragança cedeu a vila em 1519. Assim, surgiram as primeiras ligações da Vidigueira com a família dos Gama.

Quase 60 anos depois de ser fundada, a Adega conta hoje com perto de 300 produtores associados e pretende cumprir a promessa de descoberta e afirmação da região da Vidigueira tão vincada pela cultura do vinho, numa viagem que aproxima a Adega e a sua vila a Vasco da Gama e a conquistas de outros tempos. Como homenagem a Vasco da Gama, os vinhos da Adega de Vidigueira contam uma história dividida em sete actos, e mais alguns, que nos prometem fazer a viagem para novos territórios sensoriais.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

III Jornadas do Agrupamento de Defesa Sanitária de Estremoz arrancam a 6 de Fevereiro

As III Jornadas ADS de Estremoz vão decorrer, nos dias 6 e 7 de Fevereiro, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.