Início / Política / Ambiente / Carnaval de Torres Vedras: 13 toneladas de resíduos recolhidas selectivamente

Carnaval de Torres Vedras: 13 toneladas de resíduos recolhidas selectivamente

O Carnaval de Torres Vedras chegou ao fim com 13.090 kg de resíduos sólidos urbanos recolhidos selectivamente. Tal representa mais 6.080 kg de resíduos recolhidos selectivamente neste evento em comparação com a edição do ano transacto do mesmo, realça fonte da autarquia.

No total, foram recolhidos selectivamente 1.768 kg de papel/cartão, 6.912 kg de embalagens de plástico/metal e 4.410 kg de vidro na edição de 2019 do “Carnaval mais português de Portugal”. De realçar que relativamente ao vidro verificou-se uma duplicação do volume recolhido selectivamente.

Reduzir o impacto ambiental

Recorde-se que a Câmara Municipal de Torres Vedras assumiu, mais uma vez, o compromisso de reduzir o impacto ambiental resultante da realização do Carnaval de Torres, por meio da participação na iniciativa Eco Evento da Valorsul.

Esta iniciativa desafia os municípios organizadores de eventos a solicitar a classificação de Eco Evento para os mesmos, proporcionando formação e apoio para a gestão adequada de resíduos, atribuindo ao evento um carácter de responsabilidade e sustentabilidade, e disponibilizando uma contrapartida financeira de acordo com o desempenho ambiental do evento (quantidade de resíduos recolhidos selectivamente).

O Município de Torres Vedras decidiu que, este ano, essa compensação decorrente da recolha selectiva de resíduos sólidos urbanos no Carnaval de Torres será doada à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras.

Centro de triagem da Valorsul

Os materiais recicláveis recolhidos de forma selectiva durante o Carnaval de Torres 2019 (plásticos, metais, vidro, papel e cartão) foram desviados do aterro e transportados para o centro de triagem da Valorsul, no concelho do Cadaval, onde vão ser preparados para serem aceites por cada uma das indústrias de reciclagem respectiva, a quem serão entregues.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

SIMAB estuda implantação de Plataforma Agroalimentar em Cabo Verde

A SIMAB — Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores conclui até final de Julho o estudo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.