Início / Agricultura / Capoulas duplica apoio máximo a agricultores afectados pelos incêndios para 800 mil euros

Capoulas duplica apoio máximo a agricultores afectados pelos incêndios para 800 mil euros

O Governo concluiu já o processo de análise da totalidade das candidaturas de agricultores aos apoios na sequência dos incêndios que afectaram o país em 2017, tendo constatado que, em 24.779 candidaturas, apenas 5 apresentam valores que ultrapassam o limite máximo estabelecido de 400 mil euros por beneficiário.

Ao duplicar o valor do limite máximo para os 800 mil euros, o ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, garante que todos os agricultores atingidos pelos incêndios poderão contemplar nas respectivas candidaturas a totalidade dos prejuízos sofridos.

23.822 agricultores já receberam

Do universo de candidaturas apresentadas, o Governo pagou já os prejuízos sofridos por 23.822 agricultores, que representam mais de 96% dos agricultores afectados, num montante global de cerca de 46 milhões de euros.

Ao longo dos próximos 30 dias serão pagos mais 14 milhões de euros, correspondentes à segunda tranche dos apoios aos agricultores afectados pelos incêndios de 15 de Outubro, cujas candidaturas foram submetidas a um processo simplificado de controlo, refere uma nota do Ministério de Capoulas Santos.

Até final de Abril, o Governo tenciona pagar mais cerca de 28 milhões de euros, o que totalizará um apoio global de 88 milhões de euros, dos quais apenas 24 milhões correspondem a financiamento comunitário.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Aeroporto do Montijo: PAN pede demissão do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) anunciou o seu parecer favorável condicionado ao Aeroporto Complementar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.