Início / Agricultura / Capoulas aprova apoios de mais de 71 M€ no Programa Nacional de Reagadios

Capoulas aprova apoios de mais de 71 M€ no Programa Nacional de Reagadios

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, aprovou hoje, 5 de Julho, um investimento total de mais 71 milhões de euros no âmbito do Programa Nacional de Regadios.

Trata-se de um apoio público que vai beneficiar 7 empreendimentos de regadio noutros tantos concelhos distribuídos por diversas regiões do País.

Alguns destes projectos, diz uma nota de imprensa do Ministério de Capoulas Santos, são “integralmente novos”, como são os casos dos regadios de Vilar Chão e Parada, Xévora, Várzea de Odeleite e Freixiel, enquanto noutros casos, Vale Madeiro e Minutos, se trata de ampliações.

No caso da Estação Elevatória dos Álamos, trata-se de um investimento que tem como objectivo duplicar a capacidade de bombagem actualmente instalada.

Programa Nacional de Regadios

O Programa Nacional de Regadios constitui um importante instrumento de investimento e desenvolvimento do país, designadamente dos territórios rurais, tendo em conta que, até 2022, absorverá um investimento global de 534 milhões de euros, que se traduzirão em mais 95 mil hectares de regadio e na criação de mais de 10 mil novos postos de trabalho permanentes.

Para o ministro da Agricultura, trata-se de “apostar na valorização do território, imprimindo uma nova dinâmica de desenvolvimento do interior e de adaptação às alterações climáticas, contribuindo ao mesmo tempo para o auto-aprovisionamento do País e para a redução das importações”.

Regadios aprovados

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Nuno Russo: “a informação permitirá valorizar o que produzimos”

Partilhar            O secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, participou, ontem, 26 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.