Início / Agricultura / Calçada de Carriche tem nova ponte suspensa de madeira da Carmo Wood

Calçada de Carriche tem nova ponte suspensa de madeira da Carmo Wood

A portuguesa Carmo Wood foi a escolhida pela Câmara Municipal de Lisboa para criar uma nova ponte capaz de atravessar a famosa Calçada de Carriche, também conhecida como uma das mais importantes portas de entrada e saída da capital, para erguer uma ponte pedonal em madeira, onde se destacam dois grandes arcos e um tabuleiro suspenso de mais de 50 metros de comprimento que atravessa as oito faixas de rodagem desta artéria.

Com concepção e execução da Carmo Estruturas – divisão da Carmo Wood responsável por obras emblemáticas como os Passadiços de Paiva, o RedBridge School ou a passerelle de 600 metros do novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa – esta obra, que representa cerca de 1 milhão de euros, vai contar ainda com arranjos paisagísticos e uma ciclovia.

Mais de 200m3 de madeira de pinho

Ao todo foram usados mais de 200m3 de madeira de pinho nesta obra que reforça, uma vez mais, a capacidade da Carmo Wood para entregar projectos de alta envergadura em madeira.

“Continuamos a trabalhar, diariamente, para entregar projectos em madeira nunca antes vistos e surpreender quem nos contrata e quem trabalha, vive ou passa pelas obras que vamos fazendo”, refere Jorge Milne e Carmo, presidente da Carmo Wood.

“A adjudicação de uma obra tão emblemática para a cidade de Lisboa, por parte da Câmara Municipal de Lisboa, é motivo de orgulho para todos nós na Carmo Wood. Vamos continuar a fazer mais e melhor”, acrescenta o responsável.

Em actividade desde 1980

O Grupo Carmo iniciou a sua actividade industrial em 1980, no entanto a ligação ao sector dos produtos químicos é anterior a 1955, ano em que é fundada a Anglo Portuguesa de Produtos Químicos, empresa pioneira no desenvolvimento do tratamento industrial de madeiras, quer em Portugal continental e ilhas, quer em países africanos de língua oficial portuguesa como fornecedores de produtos químicos e know-how.

A sua actividade industrial teve início com a produção de madeiras redondas, tratadas em autoclave, para agricultura, linhas de electricidade e telecomunicação, mas depressa se alargou a produtos como parques infantis, mobiliário em madeira rústico e urbano e ainda decks em madeira.

Mais recentemente, a engenharia com base nas estruturas de madeira lamelada colada e maciça permitiu ampliar a oferta da Carmo a casas para habitação, escritórios, grandes estruturas de cobertura, pontes e uma infindável oferta de soluções em madeira, conquistando diferentes prémios e distinções em todas estas áreas.

350 trabalhadores

A Carmo Wood conta actualmente com cerca de 350 trabalhadores, directos e indirectos, e uma facturação global que na ordem dos 80 milhões de euros.

Criada em 20015, a Carmo Estruturas opera no mercado global e está focada na construção em madeira. A sua actuação versa estruturas como pontes ou passadiços, estendendo-se a espaços residenciais ou comerciais, industriais, e até recintos desportivos.

Adicionalmente, a Carmo Estruturas em Madeira ocupa-se da reabilitação de edifícios com estruturas em madeira, e da transformação e produção de madeiras de construção, travessas de caminho-de-ferro, madeira termo modificada, e ainda de boxes, picadeiros e centros hípicos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Valter Braga: Açores empenhado e a trabalhar pelo reforço do POSEI na próxima PAC

O Director Regional do Desenvolvimento Rural afirmou, em Santa Maria, que o Governo dos Açores …

Um comentário

  1. Sérgio Loureiro

    O nome está errado. Não é Calçada de Carriche. É Autódromo de corridas de Fórmula 1 de Carriche.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.