Início / Agricultura / Boticas recebe Programa para Internacionalizar o Alto Tâmega. Mel, carne e enchidos em destaque

Boticas recebe Programa para Internacionalizar o Alto Tâmega. Mel, carne e enchidos em destaque

O Auditório Municipal de Boticas recebeu esta segunda-feira, dia 26 de Novembro, uma sessão que decorreu no âmbito do INTAT – Internacionalizar o Alto Tâmega, programa de Apoio à Definição da Estratégia de Internacionalização e Abordagem a Mercados Prioritários para os Produtos Endógenos da Região do Alto Tâmega.

O presidente da Câmara, Fernando Queiroga, abriu a sessão referindo que “é fundamental que se trabalhe em rede, para se potencializar os produtos de excelência existentes em cada um dos seis municípios do Alto Tâmega”.

Por sua vez, o primeiro secretário da Comunidade Inter-municipal do Alto Tâmega (CIMAT), Ramiro Gonçalves, ressalvou “a importância de se promoverem os produtos da região em mercados mais competitivos”.

Já o secretário geral da ADRAT — Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega, António Montalvão Machado, destacou a importância da divulgação do Alto Tâmega como um todo e a criação de planos de acção para cada produto e para cada mercado, por forma a valorizar ainda mais a imagem deste território.

Acções concertadas entre empresas

O impacto que a realização de acções concertadas, entre empresas do Alto Tâmega, tem na agilização e simplificação do processo de internacionalização e no acompanhamento da aceitação de produtos como a água, o mel, a carne e os enchidos, nos diferentes mercados, foi destacado por José Carlos Chaves, da ADRAT.

Os representantes da empresa C2G, João Paulo Canle e Eduardo Gonçalves, abordaram as dificuldades de internacionalização, o enquadramento dos produtos nos diferentes mercados e ainda os apoios direccionados para as Pequenas e Médias Empresas (PME), nomeadamente os incentivos à internacionalização e à qualificação das PME.

Quanto ao presidente da Mais Boticas – Associação Empresarial Botiquense, Paulo Aleixo, enumerou algumas das principais estratégias para a internacionalização dos produtos endógenos da região.

A acção é desenvolvida pela Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT) e pela Comunidade Inter-municipal do Alto Tâmega (CIMAT), em colaboração com os seis concelhos do Alto Tâmega (Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar).

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Abertas inscrições para Formação Técnica de Cereais

A Anpoc — Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais, o INIAV – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.