Início / Agenda / Baladi leva sessão de esclarecimento sobre baldios a Cinfães

Baladi leva sessão de esclarecimento sobre baldios a Cinfães

A Baladi – Federação Nacional dos Baldios promove no próximo dia 13 de Abril uma sessão de esclarecimento subordinada à temática “Baldios com Futuro”. A acção vai decorrer na Biblioteca Municipal de Cinfães, a partir das 10h30 e é aberta ao público em geral.

A sessão, apoiada pela Câmara Municipal de Cinfães, vai incidir na nova lei dos baldios, nomeadamente os principais factores diferenciadores das leis anteriores a ter em conta por parte das Comunidades Locais; os principais desafios futuros que esta lei trás sobre a gestão dos territórios comunitários e os aspectos legais a ter em conta por parte dos Órgãos Gestores dos Baldios (Juntas de Freguesia e Conselhos Directivos de Baldios).

Agrupamentos de baldios

Durante a manhã será ainda feita uma abordagem sobre a importância da constituição de agrupamentos de baldios em vários Concelhos do País, “projectos-piloto” já aprovados pelo Governo, suportados em protocolo já assinado com o ICNF — Instituto de Conservação da Natureza e Florestas.

São projectos assumidos financeiramente pelo Fundo Florestal permanente e tem como objectivo apoiar financeiramente as Comunidades Locais e seus Órgãos gestores dos baldios para novas formas de gestão, proporcionando-lhes apoio técnico, capacitando os órgãos gestores de um maior profissionalismo, com maiores ganhos de produtividade e respondendo algumas das questões da prevenção florestal destes territórios.

A Baladi

A Baladi é uma associação de âmbito nacional criada em 1995 tendo como objectivos coordenar e dirigir, a nível nacional, o movimento associativo dos baldios; representar os órgãos de administração dos baldios e o seu movimento associativo junto dos órgãos de soberania, departamentos oficiais, autarquias locais e outros organismos nacionais e internacionais; e apoiar o movimento associativo dos baldios.

Aquela Federação tem desenvolvido trabalho junto das entidades florestais para estar presente em protocolos no âmbito da gestão, da sensibilização, da protecção contra incêndios e da protecção florestal.

De destacar a elaboração de 483 Planos de Utilização Florestal (para 483 Unidades de Baldio) no âmbito do protocolo assinado com a DGRF/IFADAP/INGA, os quais permitiram, num curtíssimo espaço de tempo, dotar a maior parte das áreas comunitárias das suas associadas de um instrumento de gestão primário.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Preços na produção industrial desaceleram para 0,9% em Maio de 2019

O Índice de Preços na Produção Industrial (IPPI) passou de uma taxa de variação homóloga …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.