Início / Agricultura / Alltech desenvolve tecnologias para reduzir pegada ecológica das vacas leiteiras

Alltech desenvolve tecnologias para reduzir pegada ecológica das vacas leiteiras

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Alltech, depois de o Parlamento Europeu ter aprovado em Novembro uma resolução onde declarou “a emergência climática e ambiental” na Europa, pedindo que União Europeia adopte medidas para reduzir em 55% as emissões de gases com efeito de estufa até 2050, anunciou que está a desenvolver, em parceria com a empresa holandesa Ingenieursbureau Heemskerk, especialista em nutrição de bovinos de leite, uma nova tecnologia que optimiza a forma como as vacas digerem e absorvem as proteínas contidas nas rações, contribuindo desta forma para a reduzir as emissões de amoníaco, um dos gases com efeito de estufa gerado pelos ruminantes.

“Precisamos de garantir que aproveitamos ao máximo a proteína contida nas rações dos animais, usando novas tecnologias para reduzir as emissões de amoníaco geradas pela agricultura. Produzir mais alimentos e de melhor qualidade, reduzindo o desperdício, faz parte da visão da Alltech para um Planeta de Abundância”, explicou Robbie Walker, responsável de desenvolvimento de negócios da Alltech.

Reduzir impactos ambientais

“Com o nosso parceiro Heemskerk estamos a desenvolver uma solução que ajudará os agricultores, na Holanda e na Europa, a contribuir realmente para a resolução de alguns dos impactos ambientais gerados pela agricultura, adoptando novas práticas sustentáveis na produção de leite”, acrescentou Walker.

As duas empresas estão também a trabalhar numa outra solução para eliminar o amoníaco acumulado nas instalações de armazenamento do estrume gerado pelas vacas. A combinação desta solução com a tecnologia destinada às rações poderá reduzir as emissões de amoníaco (NH3) em 38 000 toneladas/ano.

O sector agrícola na Holanda está a ser fortemente pressionado para reduzir as emissões de azoto (N2). Na sequência de uma recomendação do Conselho de Estado, o Governo holandês está a pôr em prática uma estratégia para reduzir as emissões de azoto, incluindo os seus compostos reactivos como o óxido nitroso (N2O) e o amoníaco (NH3), emitidos pelas vacas e pelo estrume.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Maria do Céu Albuquerque: “cultura do milho assume importância reconhecida pelo País e pelo Governo”

Partilhar            A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, marcou presença na sessão de encerramento do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.