Início / Empresas / Associativismo / Aliança Portuguesa de Blockchain apresentada em Lisboa

Aliança Portuguesa de Blockchain apresentada em Lisboa

A Cionet, a maior comunidade de executivos de TI na Europa, com mais de 7.000 decisores tecnológicos, apresentou hoje, 28 de Março, a Aliança Portuguesa de Blockchain no Salão Nobre do IAPMEI, em Lisboa.

As transacções baseadas em Blockchain criam registos públicos rápidos, baratos e seguros, que podem ser usados para muitas tarefas de cariz financeiro e não-financeiro, como o voto electrónico ou provar a existência de um documento num dado momento.

Em conferência de imprensa, a Cionet Portugal e o IAPMEI deram a conhecer esta Aliança Portuguesa de Blockchain que também inclui entidades como Abreu Advogados, AICEP, AMA, Associação Portuguesa de Seguradores, BCSD, Católica Lisbon School of Business & Economics e a EMEL.

A Aliança conta ainda com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Faculdade de Economia da Universidade do Porto, Fidelidade, IBM, ISEG- Lisbon School of Economics & Management, Instituto Superior Técnico, IP Telecom, Porto Business School, REN, Universidade Lusófona e Vodafone.

Promoção do conhecimento da tecnologia

De forma a levar a cabo esta iniciativa de promoção de conhecimento em torno da tecnologia Blockchain, a Aliança levará a cabo várias acções de sensibilização e informação para a tecnologia, tais como um portal com sandboxes, onde será possível experimentar e desenvolver soluções baseadas em Blockchain.

Estudantes, startups e empresas vão ter ainda oportunidade de participar nos Challenges propostos, que procuram responder a desafios de negócio reais de diversos sectores, e assistir aos roadshows académico e empresarial que irão passar por instituições de ensino superior e associações de empresas. Deste modo, será promovido o conhecimento sobre Blockchain, mas também os Challenges lançados pela Aliança.

Para vários sectores

Os Challenges são desafios criativos e tecnológicos com base em Blockchain e orientado para vários sectores económicos que poderão dar resposta a uma ou mais necessidades identificadas por parte de vários sectores.

Tendo em consideração o enorme potencial transformador trazido pela tecnologia Blockchain, toda a economia pode ser impactada pela facilitação de pagamentos transfronteiriços, a gestão da identificação online, a criação de programas de fidelização de clientes, a utilização de smart contracts, a prevenção de fraudes, a facilitação do processamento de registos médicos, entre muitas outras possíveis aplicações.

 

Para Armando Martins Ferreira, Sócio da Abreu Advogados “as alterações de processos de negócio decorrentes de soluções baseadas em Blockchain pressupõem e requerem o envolvimento combinado de respostas legais inovadoras de natureza contratual e/ou regulatória. Devidamente enquadrado na Aliança Blockchain, o desafio Abreu Advogados Smart Contract Challenge, a realizar em parceria com a Cionet, promoverá a avaliação, mentoring e seleção de projetos inovadores baseados em Blockchain”.

Contra a pirataria

 

O Blockchain é particularmente adequado para situações em que é necessário conhecer e rastrear um registo de propriedade de um determinado activo.

Também pode ajudar a resolver o problema da pirataria de activos digitais, ao mesmo tempo que os medias digitais podem legitimar, vender, herdar e entregar livros em segunda mão, vinil, entre outros. Este paradigma emergente também apresenta oportunidades em todos os tipos de serviços públicos, como pagamentos de saúde e bem-estar.

A Aliança Portuguesa de Blockchain tem como principal objectivo o desenvolvimento de um ecossistema que reúne empresas, academia e entidades governamentais portuguesas de forma a dotar o sistema empresarial de conhecimentos sólidos sobre blockchain.

Ver também:

Para lá da Bitcoin: como a blockchain vai transformar a agricultura

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Aeroporto do Montijo: PAN pede demissão do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) anunciou o seu parecer favorável condicionado ao Aeroporto Complementar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.