Início / Apoios e Oportunidades / Aicep publica ficha de mercado sobre o Luxembrugo

Aicep publica ficha de mercado sobre o Luxembrugo

A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal acaba de publicar a “Ficha de Mercado do Luxemburgo” (Fevereiro 2017), onde faz uma análise da economia luxemburguesa, das relações económicas bilaterais e das condições de acesso ao mercado, apresentando também um conjunto de informações úteis para exportadores e investidores nacionais.

Com uma população residente estimada em 576 mil habitantes, o Luxemburgo foi, em 2015, a 74ª economia mundial (e a 20ª da União Europeia), segundo o Banco Mundial. O país continua a desfrutar de um nível de vida muito elevado, assinalando o maior produto interno bruto (PIB) per capita da UE.

A economia luxemburguesa caracteriza-se por um sistema fiscal atractivo e por um elevado grau de abertura ao exterior. O enquadramento legal e regulamentar do Luxemburgo tem atraído bancos, companhias de seguros, promotores de fundos de investimento, e prestadores de serviços especializados de todo o mundo. O centro financeiro do Luxemburgo é considerado o 2º centro mundial de fundos de investimento e o 1º da Europa; é também o 1º centro de banca privada na Zona Euro.

Em 2016, segundo dados da Comissão Europeia, o PIB luxemburguês cresceu 3,8%, prevendo-se que a actividade económica aumente 4% em 2017 e 3,9% em 2018 (ou seja, acima do previsto para a Zona Euro, que é de +1,6% e +1,8% respectivamente). Ainda segundo a mesma fonte, as importações de bens e serviços, deverão registar uma evolução positiva no período 2017-2018, de 4,7%.

17º mercado cliente

No que se refere ao relacionamento económico e comercial luso-luxemburguês, o Luxemburgo posicionou-se, em 2016, como 17º mercado cliente de bens e serviços portugueses. Em 2016 as nossas exportações de bens e serviços para o mercado alcançaram 567,3 milhões de euros (+27% face ao período homólogo de 2015), sendo que as vendas de serviços aumentaram 30%, enquanto as vendas de bens cresceram 14,8%.

Em 2016, os fluxos de investimento directo do Luxemburgo em Portugal (IDE), ascenderam, em termos líquidos, a cerca de 1 161 milhões de Euros (de acordo com o Princípio Direccional), ocupando a 2ª posição do ranking dos países que investiram em Portugal.

Pode consultar o documento aqui.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Abate de bovinos para consumo local de carne cresce 2,4% nos Açores

O consumo local de carne de bovino abatida nos matadouros dos Açores registou um crescimento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *